Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Marcello: forte, bonito, chato e sem amigos no ‘BBB 13’

O personal trainer pula de galho em galho tentando se encaixar em alguns dos grupos da casa, mas acaba sendo a primeira opção de voto da maioria deles

Por Emylinn Lobo, do Rio de Janeiro 14 fev 2013, 17h58

As eliminações de Yuri e Marien, nos dois últimos paredões, foram determinantes para a consolidação dos grupos no jogo do Big Brother Brasil 13. O único que ainda não encontrou amigos nem seu espaço na casa é o carioca Marcello. Após brigas com alguns brothers que antes julgava seus amigos, o personal trainer percorre todos os ambientes da casa, pulando de galho em galho, de grupo em grupo, sem ser efetivamente acolhido por nenhum. No fim, o paredão é sempre seu caminho mais certeiro – já foi indicado três vezes.

Tema em Foco: Acompanhe os melhores (e piores) momentos do BBB 13

Dos candidatos da Casa de Vidro, ele era o mais aguardado. Dentro da casa, a expectativa era para conhecer o “empadão” de Fani – apelido dado pela veterana, que o conheceu em uma praia e, para puxar assunto, ofereceu-lhe uma empada. Já o público esperava ver um homem que apagasse o fogo das mulheres e esquentasse os edredons da casa. Puro engano. Apesar de ensaiar um romance com Kelly durante o confinamento no aquário montado em um shopping paulista, ao pisar na casa Marcello já anunciou que havia deixado uma namorada do lado de fora. “É o verdadeiro cachorro que late e não morde”, resumiu Natália.

E esse tem sido o comportamento dele também no jogo. Entrou com instinto de proteger Kamilla, que havia saído da casa de vidro com ele. Depois, aproximou-se de André, que chegou a eleger como seu melhor amigo na casa. Até ser alvo dele no paredão seguinte. A justificativa do capixaba foi ele ter se recusado a participar de uma prova da comida alegando um problema no joelho – apesar de ter se esbaldado na festa do dia seguinte. A controvérsia ainda rendeu na semana seguinte, quando Elieser e Yuri também se voltaram contra o carioca, mesmo tendo se aproximado dele dias antes. “Falou que tinha problemas no joelho e depois estava dançando igual a um macaco”, criticou Yuri, que ainda foi intimado pelo novato, que queria saber o motivo do voto.

Leia também:

Leia também: Kamilla, a zebra esfomeada do ‘BBB 13’

Só lhe sobrava Kamilla como aliada. Mas a modelo se encontrou na amizade de Fernanda e nos carinhos de Elieser. Ele ainda tentou trazer a amiga de volta para o seu exército de um homem só, mas não conseguiu reverter o quadro. “Eu reconheço que você é meu irmão, vou levar isso até a minha morte. Mas existe o Marcello na casa e existe a Kamilla”, decretou a exagerada paraense. Vendo-se perdido, Marcello tentou se bandear para o lado de Nasser e Ivan – que já tem problemas suficientes para administrar no triângulo com Andressa.

Leia também:

Leia também: Triângulo à vista: Andressa e seus dois maridos

Continua após a publicidade

Mas com a saída de Marien no último paredão, o jogo mudou e o novo grupo escolhido pelo bombado percebeu que não estava com a sorte (e a simpatia do público) que tanto acreditavam. E lá foi Marcello recomeçar sua peregrinação pela casa em busca de um amigo – ou pelo menos de alguém que não tenha nele a primeira opção de voto. Tentou se encaixar no trio das veteranas Fani, Natália e Anamara em busca da proteção que antes elas prometiam a Elieser. Também foi cortado. “É muito diferente. Eu amo elas, você eu não amo”, cortou Fani.

Agora, a única chance do novato é abocanhar a liderança desta quinta-feira. Ele chegou a ser cortado da prova por Elieser, mas conquistou a vaga de volta em uma prova antes da festa de quarta-feira. Agora, precisa dar o sangue para garantir mais uma semana longe da berlinda. Mesmo porque, colar de anjo, ninguém parece disposto a dar para ele.

Leia também:

Conheça os apelidos dos brothers na internet

Veteranos do BBB: nem sempre vale a pena ver de novo

Quer dirigir o ‘BBB’? Boninho aceita sugestões

Periguetes, políticos, sofredoras… Conheça dos grupos do BBB

Continua após a publicidade
Publicidade