Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Luana Piovani diz que subornou policial por maconha: R$ 15.000

Atriz teria dado quantia a policiais após ser detida com a droga, aos 20 anos

Por Da Redação 12 nov 2015, 16h53

A atriz Luana Piovani, 39, concedeu uma longa entrevista à revista PLAYBOY de novembro, na qual falou sobre ex-namorados famosos, maternidade, política e também sobre um caso em que foi pega com maconha, em Búzios, quanto tinha 20 anos. “Já rodei e foi punk. Terror e pânico. Fui parar na delegacia”, contou. “Eles viram minha vulnerabilidade. Estava com um namorado que se borrou todo, chorava num canto e eu negociava com os ‘gambés’ do outro. Quando viram que a gente era famoso, passaram a negociar.”

Leia também:

A veia ‘psicopata’ de Luana Piovani em ‘Dupla Identidade’

Luana Piovani faz desabafo sobre dificuldade de amamentar filhos na rua

Luana conta que pagou cerca de 15.000 reais para se ver livre com o namorado, de quem ela não revela o nome, mas suspeita-se que seja o ator Rodrigo Santoro, com quem ela teve um relacionamento aos 20 anos. “Os caras aceitaram”, disse. A atriz falou que depois teve vontade de sustar o cheque, mas teve medo. “Aprendi que prefiro pagar pelos meus erros e assumir as consequências do que ser conivente com gente escrota.”

Ela também falou por um longo período sobre o relacionamento com Santoro, que terminou por uma traição dela – mais tarde, Luana descobriria que ele também a traiu. “Somos pessoas muito diferentes. Ele não queria que vissem que a gente se falava (depois do fim). Italiano, machista, homem, leonino. Não queria mostrar que dava mole para a Geni”, disse a atriz, se comparando com a famosa personagem meretriz do musical A Ópera do Malandro.

Além de Santoro, Luana falou novamente sobre o relacionamento com Dado Dolabella, que chegou ao fim depois que ele a agrediu. “Não sou mulher de levar desaforo para casa, quanto mais bordoada”.

Hoje, a atriz diz que parou de fumar maconha e economiza na bebida alcoolica, por obra da maternidade. Luana é mãe de três crianças: Dom, 3 anos, e os gêmeos Bem e Liz, de 5 meses. “Sempre tive paixões. Só que vivia em guerra. O Pedro, além de me trazer a paz, trouxe uma família, sem cair na caretice da família”, fala sobre o marido, o surfista Pedro Scooby.

Continua após a publicidade
Publicidade