Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Klara Castanho: talento como atriz transcende furacão da vida pessoal

Sucesso na Globo e na Netflix, atriz de 21 anos é muito mais do que as violências que tem sofrido fora das câmeras

Por Kelly Miyashiro Atualizado em 1 jul 2022, 23h06 - Publicado em 27 jun 2022, 16h32

Jovem e promissora, Klara Castanho atravessa um furacão em sua vida pessoal. No último sábado, 25, a artista reagiu corajosamente a boatos espalhados nas redes ao revelar ter sido estuprada e engravidado em consequência do abuso. Além disso, a atriz  falou como, completamente consciente de que seria incapaz de criar uma criança nesta configuração, havia entregado o bebê para a adoção pelos meios devidamente legais. O episódio tristemente explorado na internet não eclipsa um fato inquestionável: o talento de Klara como atriz transcende a turbulência que a estrela de apenas 21 anos agora enfrenta.

Klara Castanho começou a trabalhar como modelo aos 9 meses de idade, fotografando para catálogos de moda. Aos 6 anos, iniciou sua carreira na TV com uma pequena participação na série Mothern (2006-2007), do canal GNT, e aos 8 estreava na TV aberta na novela Revelação (2008), do SBT. A ascensão da estrela promissora aconteceu na novela das 9 da Globo Viver a Vida (2009), quando ela interpretou a vilã mirim Rafaela, filha mimada de Giovanna Antonelli que atormentava a vida da protagonista vivida por Taís Araujo. O sucesso de atuação como a criança insuportável rendeu a Klara, merecidamente, o prêmio de melhor atriz mirim pela Globo naquele ano.

Desde então, ela nunca passou muito tempo fora das telas, emendando um trabalho atrás do outro, como Morde & Assopra (2011), em que encantou como a esperta caipira Tonica, cheia de carisma. Em Amor Eterno Amor (2012), foi uma adolescente que via espíritos e se comunicava com eles. Já em Amor à Vida (2013), outra novela das 9, Klara ganhou um grande destaque novamente ao fazer a versão infanto-juvenil do bebê abandonado em uma lixeira pelo inesquecível Félix (Mateus Solano). Mesmo nova, ela demonstrou força ao dividir o set com o Solano e outros grandes nomes, como Paolla Oliveira e Antonio Fagundes.

Fora da Globo, Klara brilhou nos longas de comédia brasileiros É Fada (2016) e Tudo por um Popstar (2018) — filme estrelado ao lado de Maisa Silva e Mel Maia. Na Netflix, ela está bombando nos últimos anos. Protagonizou também Confissões de uma Garota Excluída (2021), filme original da gigante do streaming, e está no elenco de De Volta aos 15, série nacional com Maisa Silva e Camila Queiroz.

Em tudo que se compromete a fazer, Klara Castanho não recua do desafio e entrega boas atuações, sempre deixando sua marca como um dos nomes mais promissores de sua geração.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)