Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Kanye West defende música em que xinga Taylor Swift: ‘Ela teve a ideia’

Cantor postou mensagens no Twitter em que nega ser misógino e afirma que estão impedindo sua liberdade artística

Por Da Redação 12 fev 2016, 17h54

Kanye West havia afirmado pouco tempo antes de lançar seu disco The Life of Pablo que este seria o melhor álbum da história. No dia de seu lançamento, entretanto, o rapper já sofreu uma enxurrada de críticas por causa da canção Famous, em que diz: “Eu sinto que eu e Taylor ainda vamos fazer sexo. O motivo? Eu a tornei famosa”, usando uma palavra de baixo calão para se referir à cantora. Nesta sexta-feira, um representante de Taylor afirmou que ela se recusou divulgar a canção e que havia avisado West sobre o conteúdo misógino da música. O rapper, porém, se defendeu das críticas e fez uma declaração no mínimo duvidosa no Twitter: a ideia da letra teria sido… da própria Taylor.

LEIA TAMBÉM:

Em nova música, Kanye West xinga Taylor Swift e diz que a tornou famosa

Kanye West muda nome de disco pela terceira vez

Kanye West diz que seu novo álbum será ‘o melhor de todos os tempos’

Taylor Swift se apresentará no Grammy 2016

West elencou uma série de explicações. “Eu não ofendi a Taylor e nunca fiz isso antes. Em primeiro lugar, eu sou um artista e vou expressar como eu me sinto sem qualquer censura”, escreveu, antes de dizer que pediu a “bênção” de sua mulher, Kim Kardashian, para lançar a música. “Eu liguei para Taylor, conversei com ela por mais de uma hora sobre esse trecho e ela o considerou engraçado e deu sua bênção”, disse. “Eu nem vou tomar crédito pela ideia… na verdade é algo que a própria Taylor criou. Ela estava jantando com um de nossos amigos e disse: ‘Eu não posso ficar brava com Kanye porque ele me tornou famosa’.”

O rapper ainda defendeu seu direito de expressão, afirmando que todas as críticas estão demonizando sua liberdade artística: “Parem de tentar demonizar verdadeiros artistas. Parem de tentar estragar a arte”, escreveu.

Histórico – Em 2009, quando Taylor Swift foi premiada com o melhor clipe feminino no VMA por You Belong With Me, West interrompeu o discurso de agradecimento dela para dizer que Single Ladies, de Beyoncé, merecia ter levado o troféu. Durante o Grammy Awards de 2015, os dois fizeram as pazes – com a ajuda de Jay Z – e aparentemente tinham se tornado melhores amigos.

Continua após a publicidade
Publicidade