Clique e assine a partir de 8,90/mês

Justiça determina que Hudson mantenha distância de 1 quilômetro da ex-mulher

O cantor sertanejo foi preso no mês passado por porte ilegal de armas

Por Priscilla Prates, de Limeira - 8 abr 2013, 17h12

O cantor Udson Cadorini Silva, da dupla Edson e Hudson, deverá manter distância de um quilômetro da ex-mulher e família. A determinação é da Justiça de Limeira. A ação cautelar com pedido de liminar foi movida na última terça-feira e a decisão, da 1ª Vara Criminal de Limeira, assinada na quinta-feira.

A medida protetiva de urgência, prevista na Lei Maria da Penha, proíbe também Hudson de tentar contato por qualquer meio de comunicação, sob pena de decretação de prisão preventiva. O pedido da liminar foi feito pela ex-mulher do cantor que justificou a petição diante dos fatos ocorridos no mês passado.

Histórico – No dia 20 de março, Hudson enviou mensagens de texto via celular em tom ameaçador à mulher. Na ocasião, o sertanejo foi abordado por policiais nas imediações da casa dela, e foram encontradas armas de fogo municiadas, soco inglês, faca e canivete. As armas estavam registradas em seu nome, mas ele não tinha permissão de transportá-las em espaço público. Hudson foi preso e libertado após o pagamento da fiança.

Horas mais tarde, uma denúncia anônima indicou à polícia de Limeira que havia mais armamento na residência do cantor, em um condomínio da cidade. Investigadores conseguiram um mandado de busca e apreensão e foram para o local, onde encontraram uma carabina calibre 38, uma pistola Beretta calibre 22, dois carregadores e munições. Também foi encontrada uma pequena porção de maconha.

O cantor, porém, obteve habeas corpus e responde ao processo em liberdade.

Continua após a publicidade
Publicidade