Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

IMPERDÍVEL: Rolling Stones abraçam o bom e velho blues em disco

Na coletânea de covers ‘Blue & Lonesome’ roqueiros entoam clássicos de ídolos

Por Da redação 10 dez 2016, 07h00

Acomodados no posto de maior banda de rock do mundo, os Rolling Stones se resvalam tranquilos na cama de velhos hits e turnês faraônicas, com lançamentos espaçados e um longínquo disco de estúdio: A Bigger Bang, datado de 2005. O jejum de material inédito veio, ironicamente, com uma coletânea de canções ainda mais jurássicas. Em compensação, os integrantes exalam um raro conforto e afinação entre si.

O disco Blue & Lonesome reúne músicas de antigas lendas do blues americano da década de 1950, que serviram de inspiração para os Stones no começo de carreira. Foi, aliás, a paixão pelo estilo que aproximou Mick Jagger e Keith Richards, que já entoavam covers antes mesmo de se tornarem os Rolling Stones – título que também vem de uma referência do blues, a canção de mesmo nome de Muddy Waters.

  • Com textura instrumental atual e respeito pelos ídolos do passado, o grupo entoa letras de Little Walter, Howlin’ Wolf, Magic Sam, Little Johnny Taylor, Eddie Taylor, Lightnin’ Slim, Jimmy Reed e Otis Rush. Exceto por Rush e Sam, a atual faixa etária de Jagger e companhia ultrapassou o tempo de vida de seus antigos expoentes. Experiência de vida e de estrada que deu aos roqueiros alma e honestidade suficientes para segurarem toda a emoção que o blues exige.

    Publicidade