Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Harry Styles, do One Direction, doa o cabelo para instituição

Doação foi feita à Little Princess Trust, que transforma madeixas em perucas para crianças em tratamento contra câncer

Por Da Redação 6 Maio 2016, 18h00
O cantor Harry Styles
O cantor Harry Styles VEJA

Uma das marcas registradas de Harry Styles, da boy band One Direction, seu longo cabelo, se foi – por uma boa causa. O cantor cortou as madeixas e postou uma foto em que sua mão aparece segurando os fios, trançados. Na legenda, Styles escreveu apenas: “Ops”. Ele também colocou a hashtag LittlePrincessTrust, para explicar o motivo de sua mudança no visual. A Little Princess Trust é uma instituição de caridade que transforma fios doados em perucas para crianças que perderam o cabelo durante o tratamento contra câncer.

Harry Styles mostra cabelo cortado no Instagram
Harry Styles mostra cabelo cortado no Instagram VEJA

Leia também:

Primeiro álbum de Zayn, ex-One Direction, lidera paradas

Harry Styles, do One Direction, fará filme de Christopher Nolan

One Direction lança clipe nostálgico com clima de despedida

A boy band One Direction está atualmente em um hiato, após lançar o disco Made in the A.M., em novembro do ano passado. Durante o período, Styles vai fazer Dunkirk, o próximo filme do diretor britânico Christopher Nolan (de produções como Batman: O Cavaleiro das Trevas e A Origem), previsto para julho de 2017.

One Direction

Os garotos da boy band britânica One Direction ganharam um empurrãozinho do produtor Simon Cowell, jurado do programa The X-Factor, para dar continuidade à carreira depois de amargar o terceiro lugar no reality show. Com idades entre 18 e 20 anos, os cinco integrantes da banda estrearam em 2011 com a música pop What Makes You Beatiful e se tornaram um fenômeno mundial, vendendo mais de 50 milhões de discos no mundo. Agora, porém, o grupo dá os primeiros indícios de que, talvez, não tenha vida tão longa assim: um de seus integrantes, Zayn Malik, se afastou da turnê mundial da banda e, dias depois, anunciou sua saída definitiva do One Direction.

The Wanted

Os cinco meninos da banda The Wanted começaram a carreira no Reino Unido, em 2009. O primeiro álbum, que leva o nome do grupo, rendeu algum sucesso em casa, com singles nas paradas britânicas. Mas foi apenas com o segundo CD, Battleground, que os garotos, na faixa dos 20 anos, exportaram seu trabalho. A canção pop dançante Glad You Came se tornou o maior hit da boyband. Foi por causa dele que o grupo veio ao Brasil em 2011 para o Z Festival, mesmo evento em que se apresentou Justin Bieber. Desde março de 2014, no entanto, o grupo se encontra em um hiato e seus integrantes estão focados em carreiras solo. 

Continua após a publicidade

JLS

O grupo JLS — abreviação de Jack the Lad Swing — nasceu como UFO, em 2006, mas teve que mudar de nome ao entrar na 5ª edição do reality The X Factor, em 2008. A banda ficou em segundo lugar, assinou um contrato com a gravadora Epic e gravou quatro álbuns. O grupo anunciou seu fim em 2013, quando se despediu dos fãs com o disco Goodbye – The Greatest Hits, com seus maiores sucessos.

Big Time Rush

Seguindo o formato da Disney de produzir ídolos teen, a Nickelodeon lançou o programa de televisão Big Time Rush. Nele, os garotos Kendall, James, Carlos e Logan interpretavam jogadores de hockey selecionados para formar uma boyband. Como era esperado, a banda seguiu firme fora das telas e alcançou o 12º lugar da lista da Billboard com o lançamento do álbum Elevate (2011). Dois anos depois, porém, eles anunciaram que a banda entraria em um hiato por tempo indefinido.

fun.

A banda americana de pop-indie fun. estreou no mercado em 2009, com o álbum Aim and Ignite, mas só atingiu boas marcas com o segundo, Some Nights. Com o single We Are Young, no qual participa a cantora americana de R&B Janelle Monáe, o grupo, liderado pelo já experiente Nate Ruess, alcançou o topo da lista da Billboard e se tornou a primeira música a ultrapassar a marca de 300.000 downloads em seis semanas. Assim como The Wanted e Big Time Rush, o grupo se encontra em um hiato.

Il Volo

Fugindo do estilo galã adolescente, os garotos Gianluca Ginoble, Ignazio Borschetto e Piero Barone foram buscar na tradição musical italiana a inspiração para criar um trio de tenores e se apresentar com canções no estilo de ópera pop. Os três ficaram conhecidos depois de participar das audições do programa de talentos Ti Lascio una Canzone, do canal RAI. Durante a competição, foram escolhidos para cantar a música O Sole Mio, um clássico do folclore italiano famoso na voz de Luciano Pavarotti. A banda continua ativa, ainda que não tenha a mesma força que antes.

(Da redação)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)