Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

George Michael morreu de insuficiência cardíaca, diz empresário

A morte do astro inglês, neste domingo, aos 53 anos, está sendo tratada pela polícia como 'inesperada, mas não suspeita'

Por Da redação 26 dez 2016, 07h10

O empresário de George Michael, Michael Lippman, afirmou à agência de notícias britânica PA que o cantor morreu de insuficiência cardíaca. A morte do astro inglês, neste domingo, aos 53 anos, está sendo tratada pela polícia como ‘inesperada, mas não suspeita’.

Nascido em Londres em 1963, filho de uma britânica e um imigrante cipriota grego, Michael, cujo nome real é Georgios Kyriacos Panayiotou, vendeu mais de 100 milhões de álbuns durante uma carreira musical de quase quatro décadas. “Careless whisper”, “Freedom 90?, Wake Me Up Before You Go-go”, e “Last Christmas” são alguns de seus hits.

Durante a última década de sua vida, George Michael sofreu com diversos problemas de saúde, incluindo uma severa pneumonia em 2011. Segundo a imprensa britânica, Michael também enfrentava à época uma grave patologia cardíaca, não confirmada. O cantor voltaria a ficar internado 18 meses depois por causa de uma lesão na cabeça provocada durante um estranho incidente em uma estrada no qual caiu do veículo em que viajava.

A morte de George Michael provocou comoção na internet noite de domingo, feriado de Natal. Muitos fãs e celebridades do Brasil e do mundo lamentaram o falecimento da estrela pop e expressaram seus sentimentos nas redes sociais.

Elton John, cantor, em seu Instagram

“Eu estou profundamente chocado. Perdi um amado amigo – o mais gentil, com mais generosa alma e brilhante artista. Meu coração vai com a família dele e todos os seus fãs”

View this post on Instagram

I am in deep shock. I have lost a beloved friend – the kindest, most generous soul and a brilliant artist. My heart goes out to his family, friends and all of his fans. @GeorgeMichael #RIP

A post shared by Elton John (@eltonjohn) on

Continua após a publicidade

Duran Duran, banda inglesa, no Twitter

“2016 – perda de mais uma alta talentosa. Todo nosso amor e compaixão à família de George Michael”

Ellen DeGeneres, apresentadora, no Twitter

“Acabei de ouvir sobre a morte do meu amigo George Michael. Ele foi um artista brilhante. Estou muito triste”

OneRepublic, banda, no Twitter

“Descanse em paz, George Michael. Estou mais do que triste, você foi uma lenda, e você era muito novo. ‘Last Christmas’ (último Natal) agora”

(Com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)