Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Fox News negocia saída de executivo acusado de assédio sexual

Oficialmente, a Fox informa que a acusação, feita pela ex-âncora da Fox News Gretchen Carlson, está sendo investigada

Por Da redação Atualizado em 20 jul 2016, 10h20 - Publicado em 20 jul 2016, 10h19
Gretchen Carlson e Roger Alies
Gretchen Carlson e Roger Alies

Roger Ailes, que fez da Fox News um canal lucrativo e de grande audiência, negocia a sua saída com a Twenty-First Century Fox, sob o peso de uma dura acusação de assédio sexual. 

LEIA TAMBÉM:
Apresentadora acusa CEO da Fox News de assédio sexual

Oficialmente, a Fox informa que a acusação, feita pela ex-âncora da Fox News Gretchen Carlson, que diz ter perdido o emprego por se recusar a sair com Ailes, está sendo investigada, e que o executivo segue trabalhando. Processado por Gretchen, ele nega a história. A Fox contratou um escritório de advocacia para conduzir uma investigação interna. 

A saída poderia representar um desfecho melancólico para a carreira do executivo de mídia de 76 anos que assessorou presidentes republicanos, incluindo George H. W. Bush, e fez da Fox News o canal de TV de notícias mais visto na TV paga americana. Relatos contraditórios sobre uma saída iminente de Ailes circularam nos bastidores da Convenção Republicana em Cleveland, incluindo tuítes do analista político conservador Matt Drudge, dizendo que o executivo da Fox tinha na mão uma compensação de 40 milhões de dólares pela saída.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade