Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Finalmente, canções inéditas de Prince, guardadas em cofre, serão lançadas

'Welcome 2 America' traz doze faixas inéditas retiradas do famoso cofre do cantor, onde ele guardou milhares de composições nunca lançadas

Por Marcelo Canquerino Atualizado em 8 abr 2021, 19h05 - Publicado em 8 abr 2021, 19h01

O famoso cofre de músicas do cantor Prince, morto em 2016, finalmente está sendo aberto. Nesta quinta-feira, 8, a Legacy Recordings, selo da Sony, anunciou o lançamento póstumo de um novo álbum com músicas inéditas do cantor, Welcome 2 America, previsto para 30 de julho. A faixa que dá nome ao disco já foi liberada e está disponível nas plataformas de streaming. Nela, Prince fala que os Estados Unidos são “uma terra de liberdade (mas também) um lar para escravos”. 

O álbum, que chegará ao mercado após cinco anos da morte do cantor, foi retirado do The Vault, o cofre que fica em seu estúdio de criação em sua mansão Paisley Park, em Minneapolis. O local também guarda diversos outros tesouros preciosos de Prince, como gravações, álbuns (finalizados ou não) e demos. Na ocasião da morte do Prince, os fãs do artista foram surpreendidos com o tamanho do acervo desse tal cofre. Prolífico, o cantor tinha guardado material inédito suficiente para fazer dezenas de álbuns. Na época, foi noticiado com um certo exagero que as músicas seriam suficientes para preencher um disco de inéditas por ano pelos próximos 100 anos. Exageros à parte, o fato é que as canções inéditas do cantor não viram a luz do dia até hoje porque ele não deixou testamento, daí a necessidade da criação de um espólio responsável por administrar todo o material.

Pouco tempo após terminar o álbum, em 2010, Prince anunciou uma turnê com o mesmo nome. Welcome 2 America possui 12 faixas. Sua versão deluxe inclui um show completo e inédito que Prince fez com o grupo New Power Generation, em 21 de abril de 2011 no Forum de Los Angeles. Para aumentar a ansiedade dos fãs e dar algumas pistas sobre o conteúdo do álbum, a Legacy Recording relembrou uma declaração feita pelo cantor, em 2010, que parece prometer canções com críticas ferrenhas e totalmente atuais: “O mundo está tenso devido à desinformação. A visão de futuro de George Orwell já está aqui. Devemos a nós mesmos permanecer firmes em nossa fé para os tempos difíceis que virão”. 

Continua após a publicidade
Publicidade