Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Festival de Berlim seleciona dois longas brasileiros

'Hoje Eu Quero Voltar Sozinho', de Daniel Ribeiro, e 'O Homem das Multidões', de Cao Guimarães e Marcelo Gomes, vão à mostra não-competitiva Panorama

Por Da Redação 19 dez 2013, 15h09

Ainda não saíram todos os títulos que estarão no programa do Festival de Berlim 2014, mas já há dois brasileiros selecionados para a mostra Panorama, seção não-competitiva do evento, que teve seus primeiros longas anunciados nesta quinta-feira. Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, e O Homem das Multidões, de Cao Guimarães e Marcelo Gomes, vão à Berlinale, que acontece de 6 a 16 de fevereiro.

O Homem das Multidões, vale lembrar, foi um dos destaques do Festival do Rio, onde ganhou o prêmio de melhor direção, para Gomes (Cinema, Aspirinas e Urubus e Era uma Vez Eu, Verônica) e Guimarães. De Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, vale dizer que é a estreia na direção de longas de Daniel Ribeiro, ex-editor do programa Tudo o que É Sólido Pode Derreter (2009) e diretor de curtas como A Mona do Lotação (2007).

Ao todo, a organização do festival divulgou nesta quinta 19 dos 50 filmes que farão parte da Panorama. Clique aqui para conhecer a lista completa da seção Panorama, e aqui para ver os primeiros selecionados para a mostra competitiva do festival, onde, até agora, não há nenhum brasileiro.

O Homem das Multidões
O Homem das Multidões VEJA

Homenagem — Em 2014, o Festival de Berlim concederá o Urso de Ouro honorário em sua próxima edição ao diretor britânico Ken Loach, um prêmio de reconhecimento a toda sua trajetória profissional, de acordo com a organização do evento. Loach, de 77 anos, começou a se destacar em 1966, quando lançou o drama Cathy Come Home, um semi-documentário da BBC sobre uma família sem-teto do Reino Unido. Na ocasião, o filme alcançou uma audiência de 12 milhões de pessoas e chegou a bloquear as linhas telefônicas da emissora com chamadas de pessoas oferecendo ajuda.

Após o êxito de seu primeiro longa, Loach emplacou outros sucessos, como Kes (1969), O Vigia (1980), Ventos de Liberdade (2006) – com o qual conseguiu a Palma Ouro de Cannes -, A Parte dos Anjos (2012) – vencedor do Prêmio do Júri em Cannes -. e o mais recente, The Spirit of’45 (2013). Como parte da homenagem, a 64ª edição do Berlinale, que será realizada em fevereiro do ano que vem, exibirá uma seleção de dez trabalhos de Loach.

Continua após a publicidade
Publicidade