Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Fabiana Karla é assaltada em praia do Recife

Atriz encara novo caso de violência após episódio de 2015, quando seu carro foi atingido por tiros no Rio

Por Da redação Atualizado em 16 Maio 2017, 18h51 - Publicado em 16 Maio 2017, 17h55

Fabiana Karla passou por mais um episódio violento. Desta vez, a atriz foi assaltada na praia de Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, no Recife. Ela usou as redes sociais para relatar o ocorrido. “Fui vítima de outra violência e acho que foi mais traumática ainda, pois a arma estava apontada para minha filha e o namorado dela, e eu não conseguia fazer nada”, conta.

Na praia, a atriz publicava vídeos no Instagram, quando foi interrompida por um homem que levou seu iPhone 7 e também os aparelhos da filha e do namorado da filha. “Eu estava cantando que a paz invadiu meu coração. Mas só que levaram a minha paz e o meu celular também.” Em seguida, Fabiana publicou outro vídeo celebrando a ação dos policiais do 18º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, que recuperaram seu telefone. Segundo a assessoria da atriz, todos passam bem.

Fabiana, que vive no Rio, foi ao Recife passar o Dia das Mães com a família. “Estou ouvindo, já faz tempo, as pessoas ao meu redor perguntando se eu vou andar com seguranças, se eu vou mudar para o Uruguai – país do meu marido, onde eu posso andar sem medo. Não. Não vou abandonar meu país e nem vou me aprisionar mais ainda”, escreveu a atriz, que afirma andar de carro blindado e viver em um seguro condomínio fechado.

Em 2015, Fabiana teve o carro atingido por tiros em Niterói, no Rio de Janeiro, após pegar uma rota desconhecida por causa de um aplicativo de GPS. Ela estava acompanhada do marido e da mãe, e todos saíram sem ferimentos da situação.

Confira abaixo o desabafo da atriz:

View this post on Instagram

Nessa foto vai a minha gratidão pela vida, e nessas palavras o meu desabafo pela VIOLÊNCIA que nos assola:(não coube todo o meu desabafo aqui, mas segue uma parte) Fui vítima de outra violência e acho que foi mais traumática ainda, pois a arma estava apontada para minha filha e o namorado dela, e eu não conseguia fazer nada! Queria que meu tórax virasse um escudo pra protegê-los de um marginal aparentemente amador que estava tão amedrontado quanto nós, e que por inexperiência poderia efetuar um disparo. Minutos antes eu fazia um vídeo cantando "a paz"… que ironia… onde está a nossa Paz?! Nessas horas a gente se pergunta é sobre os DIREITOS HUMANOS das VITIMAS – como eu e tantos outros. E houve quem não tivesse a mesma sorte e tenha perdido um ente querido, PRA SEMPRE, por causa de um… celular! Estou ouvindo, já faz tempo, as pessoas ao meu redor perguntando se eu vou andar com seguranças, se eu vou mudar para o Uruguay – país do meu marido, onde eu posso andar sem medo, mesmo sabendo que a proporção é outra, e o índice de analfabetismo também é outro e uma coisa (precariedade na educação) leva à outra (aumento da criminalidade) … Não! Não vou abandonar meu país e nem vou me aprisionar mais ainda! Já ando com carro blindado, que é uma nota e que eu poderia ter usado esse valor para viagens felizes com meus filhos ao invés de ter um pequeno tanque de guerra (sim, eles são supervisionados pelo exército!), e já moro em uma casa num condomínio fechado! Mais do que isso NÃO!!! Se eu tiver que sair do meu país pela minha segurança e dos meus familiares eu irei, mas não sairei sem respostas!!! E você?! Vai esperar ser a próxima vítima ou vai cobrar RESPOSTAS também? #querorespostas #segurança #paz #naovemcompartido #nadortodossaodomesmotime #unidoscontraaviolencia. #arvoredavida #euenvergomasnaoquebro #naovaomecalar

A post shared by Fabiana Karla ✨ (@fabianakarlareal) on

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)