Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Ex-solista do Bolshoi acusa direção de prostituir bailarinas

Por Da Redação 19 mar 2013, 16h37

A temperatura segue quente no Bolshoi, o tradicional teatro russo voltado à dança. Depois do ataque com ácido a um diretor do grupo, que pode ter sido encomendado por um bailarino, uma ex-solista foi à imprensa denunciar a direção do teatro por prostituir dançarinas. As declarações de Anastassia Volotchkova foram classificadas como “delirantes” pelo diretor da instituição, nesta terça-feira.

Anastassia, demitida do Bolshoi em 2003, lançou suas acusações no domingo, durante um talk show da rede de televisão NTV e as repetiu depois em diversas emissoras de rádio. “Infelizmente, o diretor do Bolshoi transformou o teatro em um grande bordel”, declarou. “Há dez anos, quando eu dançava no teatro, recebi em diversas oportunidades propostas para me deitar com homens durante banquetes.”

Segundo a ex-bailarina do Bolshoi as meninas do corpo de balé eram obrigadas a participar de banquetes, sob o aviso de que haveria sexo depois. “Quando elas perguntavam ‘E se eu recusar?’, eles respondiam que elas não partiriam mais em turnê e que suas carreiras no Bolshoi chegariam ao fim.”

Consultado nesta terça durante uma entrevista coletiva à imprensa sobre essas acusações, o diretor do Bolshoi, Anatoli Iksanov, se recusou a comentar o caso.

Nas últimas semanas, três pessoas foram presas pelo ataque com ácido contra o diretor artístico do Bolshoi, Serguei Filine, incluindo o solista do balé do Bolshoi Pavel Dmitritchenko, apontado como mandante. Na semana passada, porém, mais de 300 artistas escreveram ao presidente Vladimir Putin para defender o bailarino acusado, segundo eles, de maneira “precipitada”.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)