Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

‘Esquadrão Suicida’: diretor queria o Coringa como vilão

David Ayer publicou um texto no Twitter lamentando os ataques da crítica que seu filme sofreu

Por Da redação 23 jan 2017, 11h44

Esquadrão Suicida era um dos filmes mais esperados de 2016, mas quando foi lançado, em agosto do ano passado, dividiu opiniões: apesar de alguns fãs da DC Comics terem apreciado a produção (que arrecadou 745 milhões de dólares nas bilheterias mundiais), a crítica odiou o trabalho do diretor David Ayer. No último sábado, o cineasta estava conversando com alguns seguidores no Twitter, e publicou um textão lamentando algumas decisões na hora de adaptar a HQ. “Queria ter uma máquina do tempo. Eu faria o Coringa (Jared Leto) ser o vilão principal e teria construído uma história mais concreta”, declarou.

  • O diretor disse que sabe que suas escolhas forma controversas, mas que acabou aprendendo com o filme. Eu realmente tentei fazer algo diferente com um visual e uma voz próprios. Eu aprendi muito. As pessoas querem o que querem, e todo mundo tem uma visão pessoal de como cada personagem deve ser, andar e falar. Eu sei que o filme tem suas falhas, o mundo inteiro sabe. Nada machuca mais do que pegar o jornal e ver que anos de seu sangue, lágrimas e suor foram estraçalhados. O filme teve um bom sucesso comercial. E o mundo conheceu alguns personagens bem legais do universo da DC. Eu peguei o lado bom e ruim e aprendi com isso”, desabafou.

    Ayer terminou o desabafo desmentindo um rumor sobre a produção: “Não há uma edição secreta do filme com um monte de cenas do Coringa escondida por aí”.

    Se David Ayer não acertou com Esquadrão Suicida, ele terá mais uma chance. O diretor foi convocado para comandar o novo filme da DC Comics, Sereias de Gotham, que conta com o retorno da personagem Arlequina, novamente interpretada pro Margot Robbie, e um time de vilãs como Mulher-Gato e Hera Venenosa. O longa ainda está em pré-produção e não tem previsão de estreia.

    Continua após a publicidade
    Publicidade