Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Dicionário de Oxford elege vax, abreviação de vacina, como palavra do ano

Termo dos anos 80 ressurgiu com força na língua inglesa em 2021 na onda do combate à pandemia

Por Raquel Carneiro 1 nov 2021, 11h32

Anualmente, o Dicionário de Oxford, o mais tradicional e respeitado em língua inglesa, elege uma palavra como o termo que resume o ano. Em 2021, essa palavra foi vax, um diminutivo para vacina. A razão, claro, envolve a luta contra a pandemia através dos imunizantes, assim como os que são contrários à vacinação, os “anti-vax”.

O termo foi registrado pela primeira vez nos anos 80, mas seu uso aumentou exponencialmente em 2021. Entre muitas outras palavras usadas como sinônimo de vacina em inglês, como jab e shot, vax se sobressaiu por sua “força de chamar a atenção, de não precisar de explicações e também pela facilidade de ser atrelada a outros termos”, fazendo dela uma uma palavra que se altera, dependendo dos prefixos e sufixos usados, explicou Fiona McPherson, uma das editoras do dicionário.

O Dicionário de Oxford conta com mais de 14,5 bilhões de palavras, constantemente atualizadas. Palavras como selfie, vape e toxic já foram eleitas como representantes de anos anteriores. O complexo ano de 2020 afetou as regras da publicação, que elegeu todo o novo vocabulário imposto pela pandemia como palavras do ano, desde lockdown até coronavirus.

A palavra vacina foi registrada na língua inglesa, vaccine, pela primeira vez em 1799. Sua origem vem da palavra em latin vacca (sim, vaca o animal), em associação aos experimentos voltados para o uso de amostras de varíola dos animais em humanos, provocando a imunização contra a doença.

Continua após a publicidade

Publicidade