Clique e assine a partir de 9,90/mês

De Bruce Dickinson a Madonna, os divórcios milionários dos astros musicais

Além do metaleiro, que se separou depois de 28 anos, conheça outros casos de artistas que perderam um naco de suas fortunas

Por Da Redação - Atualizado em 5 nov 2019, 11h26 - Publicado em 5 nov 2019, 10h59

O roqueiro inglês Bruce Dickinson revelou recentemente que se separou da mulher, Paddy Bowden, com quem foi casado por 28 anos. O divórcio – que ainda não foi homologado – irá causar um pequeno rombo na fortuna do vocalista, equivalente a cerca de 465 milhões de reais. Mas Dickinson não está sozinho. O mundo do rock é pródigo em separações rumorosas e cifras milionárias. Abaixo, alguns casos em que o divórcio não foi uma ideia tão boa assim – pelo menos para quem pagou a pensão.

NEIL DIAMOND

Custo da separação : 150 milhões de dólares (602 milhões de reais)

O cantor de hits como Sweet Caroline foi casado por 25 anos com a produtora de televisão Marcia Murphey. Com a separação, ela abocanhou metade da fortuna de Diamond

O roqueiro Neil Diamond (620)
O roqueiro Neil Diamond (620) Michael Loccisano/ Getty Images/VEJA

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

MADONNA

Custo da separação: 90 milhões de dólares (361 milhões de reais)

Quando Madonna e o cineasta escocês Guy Ritchie decidiram se separar, ele abocanhou parte da fortuna de 525 milhões de dólares. Ela exorcizou o divórcio no disco MDNA.

Madonna e Guy Ritchie no Festival de Cannes de 2008
Madonna e Guy Ritchie no Festival de Cannes de 2008 Gareth Cattermole/GettyImages/VEJA

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

PHIL COLLINS

Custo das separações: 80 milhões de dólares (321 milhões de reais)

O cantor não errou uma, mas duas vezes. Perdeu 34 milhões para a segunda mulher, Jill Tavelman, e mais 46 milhões para a terceira mulher, Orianne Cevey. Haja hit para pagar tudo isso.

Phil Collins, 60, se ressente das críticas (620)
Phil Collins, eternamente devedor de suas ex-mulheres Chris Jackson/Getty Images/VEJA

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

PAUL MCCARTNEY

Custo da separação: 50 milhões de dólares (200 milhões de reais)

O ex-Beatle se casou com Heather Mills, uma ex-modelo, em 2002. Quatro anos depois, ela exigiu uma compensação brava do cantor, que vacilou ao não fazer um acordo pré-nupcial.

 

Continua após a publicidade

MICK JAGGER

Custo da separação: 15 milhões de dólares (60 milhões de reais)

Ex-aluno da London School of Economics, Mick Jagger sempre foi cauteloso com dinheiro – o que incluiu cuidados com seu casamento. Foi tão esperto que se uniu à modelo Jerry Hall em Bali – onde, alegou depois, a união tinha sido apenas “simbólica”.

Mick Jagger e Jerry Hall se separaram depois que o roqueiro a traiu com a apresentadora brasileira Luciana Gimenez.
Mick Jagger e Jerry Hall se separaram depois que o roqueiro a traiu com a apresentadora brasileira Luciana Gimenez. veja.com/Getty Images
Continua após a publicidade
Publicidade