Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

“‘Cruella’ é o filme mais sombrio da Disney”, diz Emma Stone

Em coletiva da qual VEJA participou, atriz falou sobre como foi interpretar a personagem e atuar ao lado de Emma Thompson — a verdadeira vilã do novo filme

Por Raquel Carneiro 15 Maio 2021, 14h47

“Meu Deus, eu realmente vou interpretar a Cruella”, foi o pensamento de Emma Stone quando, após seis anos de negociações, o novo filme em live-action da Disney começou a sair do papel. “Fiquei surpresa com o resultado. Cruella é o filme mais sombrio já feito pela Disney”, disse Emma em coletiva de imprensa neste sábado, 15, da qual VEJA participou.

Famosa vilã de 101 Dálmatas, Cruella agora tem sua juventude narrada pelo longa, no qual sua personalidade impetuosa ganha novos tons quando um trauma da infância a leva a viver com dois garotos órfãos em um casarão abandonado. Na juventude, o trio aplica pequenos golpes pelas ruas de Londres nos anos 70, até Estella (antes de se tornar Cruella) conseguir um emprego como estilista ao lado da Baronesa von Hellman, vivida por Emma Thompson.

A vilania de Cruella se revela amadora perto da Baronesa, uma mulher egocêntrica e perigosa — que nas mãos de Emma Thompson é um deleite à la Bette Davis em A Malvada. “Há anos eu pedia para interpretar uma vilã. Mas só pegava papel de mocinhas. Agora, finalmente, pude ser uma mulher muito malvada, e com belos vestidos”, conta a atriz inglesa. 

Emma Thompson interpreta Baronesa von Hellman em 'Cruella ' -
Emma Thompson interpreta Baronesa von Hellman em ‘Cruella ‘ – //Divulgação

As atrizes ainda falaram sobre o prazer de ter a presença constante de cachorros no set — dessa vez, a trama foca em três dálmatas e dois adoráveis vira-latas. Em alguns momentos específicos, os animais foram feitos por computação gráfica. “Os que estavam no set eram fofos, mas os de CGI eram malvados”, brinca Thompson.

Ambientado na Inglaterra dos anos 70, o filme dirigido por Craig Gillespie (Eu, Tonya) tem uma forte veia punk rock, tanto na trilha sonora quanto nos elaborados figurinos e maquiagem. Na coletiva, a figurinista Jenny Beavan falou da inspiração para criar os looks da protagonista. “Olhei para minha experiência nessa época em Londres, para a força do punk, além de estilistas como Alexander McQueen e John Galliano”. Jenny, vencedora do Oscar pelo figurino do filme Mad Max: Estrada da Fúria, conta que a inesquecível interpretação de Glenn Close no filme 101 Dálmatas, de 1996, também foi uma inspiração. “Eu pensei: quem essa jovem se tornará no futuro. E a resposta era Glenn Close. Então essa imagem ficou no horizonte”.

Emma Stone no filme 'Cruella' -
Emma Stone no filme ‘Cruella’: inspiração punk – //Divulgação

Cruella estreia nos cinemas em 27 de maio e, no dia 28, chega também ao Disney+ com Premier Access por uma taxa adicional.

Continua após a publicidade
Publicidade