Clique e assine a partir de 8,90/mês

China nega ter censurado ‘Meu Malvado Favorito 2’ no país

Protecionismo cultural e até semelhança de personagem com o ex-presidente chinês Jiang Zemin haviam sido critérios apontados para a animação não ter estreado no país

Por Da Redação - 5 ago 2013, 21h56

O governo chinês negou ter proibido a exibição de Meu Malvado Favorito 2 no país Pequim alegou que a animação não foi sequer submetida ao orgão responsável por autorizar a importação de filmes. Chegou-se a especular até que a produção não seria exibida no país pelos personagens Minions se parecerem com o ex-presidente chinês Jiang Zemin. Especialistas da indústria fonográfica nos Estados Unidos chegaram a dizer que a proibição seria para frear a empolgação dos chineses com produções ocidentais. De acordo com uma fonte do Órgão Estatal de Rádio, Cinema e Televisão (SARFT), os boatos deixaram o governo chinês furioso.

LEIA TAMBÉM:

‘Meu Malvado Favorito 2’: pior estreia de 3D da história

Hollywood se rende à China

O motivo para Meu Malvado Favorito 2 ficar de fora dos cinemas na China é bem mais simples. Segundo uma fonte próxima ao site da revista americana The Hollywood Reporter, a distribuidora local Edko (Beijing) Films acreditou que, apesar de ter arrecadado 713 milhões de dólares em todo o mundo, o longa não teria grande repercussão no país e decidiu não comercializá-lo.

A Universal lembrou que o primeiro filme da franquia também não foi exibido na China. A animação da Pixar Universidade Monstros tem data de lançamento prevista para 23 de agosto deste ano.

Continua após a publicidade
Publicidade