Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cara Delevingne revira os olhos e é malhada em entrevista na TV

A conversa já começou mal quando os apresentadores do 'Good Day Sacramento' chamaram a modelo-atriz de 'Carla'

Por Da Redação 29 jul 2015, 12h16

Há quem se entregue de corpo e alma para promover um filme — caso de Tom Cruise e sua surtada dublagem no programa de Jimmy Fallon, na TV americana. E há quem cumpra a agenda sem disfaçar o gostinho amargo da obrigação. Foi o que aconteceu com a modelo e atriz Cara Delevingne, 22, nesta terça-feira. Para divulgar o filme Cidades de Papel, nova adaptação da obra de John Green para o cinema, a britânica concedeu uma entrevista ao vivo, de fora do estúdio, para o programa matinal americano Good Day Sacramento, da rede americana CBS, em que destilou sarcasmo.

LEIA TAMBÉM:

Cara Delevingne assume, pela 1ª vez, ser bissexual​

John Green filosofa com adolescentes no divertido ‘Cidades de Papel’

Cara Delevingne, a princesa rebelde da moda conquista o cinema

É verdade que os apresentadores contribuíram — e muito — para o climão. Primeiro, a chamaram de “Carla” já de saída. Depois, em vez de tentar amansá-la ou seduzi-la, acharam melhor cutucá-la ao notar o mau humor que exalava. Cara, por sua vez, não perdoou uma bola fora sequer. Ao ser questionada pela apresentadora Mariana McClary se estava irritada ou se a sua indisposição era culpa dos âncoras, a atriz respondeu na lata: “Acho que são vocês”.

Mariana foi o principal alvo da acidez de Cara. Ao ser perguntada pela apresentadora se ela tinha lido o livro, a atriz respondeu, brincando de jeito sério: “Não, eu nunca li o livro. Nem o script”. Depois, a âncora quis saber — questão mais clichê do universo — se a modelo sentia alguma conexão com a personagem Margo. “Não, na verdade, eu a odeio”, replicou Cara, que então completou ao dizer que, se fosse ela fosse Margo, “o filme seria totalmente diferente”.

Na metade da curta participação, o âncora Mark S. Allen interrompeu a atriz para saber se ela estava exausta, já que ele havia visto uma outra entrevista, dias antes, em que ela parecia estar mais animada: “Uau, não, a première foi ontem à noite e foi muito emocional, parecia o final de uma era. Talvez eu esteja sem muita energia, deve ser a manhã”, respondeu a modelo, conhecida pelo gosto por baladas.

Continua após a publicidade

Antes de a transmissão ser interrompida, Allen ainda a cutucou: “Por que você não vai tirar uma soneca, talvez tomar um energético?”. Ele não obteve resposta e a transmissão foi cortada. Sem contato com a atriz, os apresentadores criticaram o comportamento de Cara: “Você faz 5 milhões de dólares por semana, poderia fingir que está animada em falar com o Good Day Sacramento“, alfinetou Allen. A produção do programa não perdeu o bonde e exibiu um frame da atriz com sons de tigre e animais ao fundo. O caso ganhou repercussão e Cara resolveu falar sobre o caso em seu perfil no Twitter.

Baseado no livro de mesmo nome de John Green, mesmo autor de A Culpa É das Estrela, Cidades de Papel estreou nos cinemas brasileiros em 9 de julho, e Green veio ao país para promover o longa, ofuscado nas bilheterias pela animação Minions.

https://youtube.com/watch?v=FTav-TowVLo

Cara Delevingne para a marca H&M, em 2013
Cara Delevingne para a marca H&M, em 2013 VEJA

http://www.youtube.com/embed/syCToDS4ssg
Rainha das caretas – parte 2

Mais engraçado que uma careta na passarela é esse compilado de imagens de Cara nos bastidores da sessão de fotos para a joalheria John Hardy. No vídeo, ela vai do besteirol ao sexy em segundos. Seria um talento?

Cara Delevingne beija um sapo em foto no Instagram
Cara Delevingne beija um sapo em foto no Instagram VEJA

Cara Delevingne comemora 10 milhões de seguidores no Instagram
Cara Delevingne comemora 10 milhões de seguidores no Instagram VEJA

Cara Delevingne e Arnold Schwarzenegger
Cara Delevingne e Arnold Schwarzenegger VEJA

John Green, Nat Wolff e Cara Delevingne em pré-estreia de 'Cidades de Papel'
John Green, Nat Wolff e Cara Delevingne em pré-estreia de ‘Cidades de Papel’ VEJA

http://www.youtube.com/embed/JcfcilsD1Uk
Reese Witherspoon

Após o Baile de Gala do Met, em 2014, Cara publicou dois vídeos em seu Instagram que logo viralizaram, para rapidamente serem tirados do ar. Nas cenas, a modelo filma Reese Witherspoon, Zooey Deschanel e Kate Upton tentando pronunciar seu sobrenome (ao que tudo indica, um alto nível de álcool dificultava ainda mais a tarefa). Reese é de longe a pior ao dizer algo parecido com “Deliveine”. Por fim, a atriz ensina as novatas: “Sabe de que vale o nome de uma garota? Que um homem consiga suspirá-lo em seu travesseiro”. 

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade