Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Presa com maconha, cantora do Fifth Harmony desfalca show em SP

Lauren Jauregui estava tentando embarcar com um saco com maconha na bagagem de mão

Por Mabi Barros Atualizado em 14 dez 2016, 15h55 - Publicado em 14 dez 2016, 15h08

O show do Fifth Harmony em São Paulo, marcado para a tarde desta quarta-feira, terá uma integrante a menos. A cantora Lauren Jauregui, de 20 anos, foi presa na noite desta terça ao tentar embarcar para o Brasil com uma trouxinha de maconha. De acordo com a assessoria da Vevo, canal de vídeos de música que promove o Fun Pop Fun Festival, evento de que o 5H é a atração principal, a apresentação vai acontecer normalmente a partir das 17h. O festival, restrito a vencedores de uma promoção realizada por uma marca de refrigerante, acontece na Audio Club, casa de shows na zona oeste da capital paulista.

No Twitter, está bombando o tópico “Beck beck beck to me”, um trocadilho com a música Back to Me, cantada por Lauren no 5H.

Segundo o site americano TMZ, o primeiro a noticiar a prisão, Lauren foi parada pela segurança do aeroporto de Dulles, em Washington, nos Estados Unidos. Um funcionário do aeroporto, então, encontrou o que parecia ser um saquinho carregado de maconha na bagagem de mão da cantora. Policiais foram chamados ao terminal e detiveram a garota.

  • No local do show em São Paulo, que será realizado para apenas 200 pessoas, não houve anúncio oficial da ausência de Lauren por parte da organização. Mas o público que está à espera da apresentação já sabe do desfalque pelas notícias que se espalharam pelas redes sociais. No Twitter, está bombando o tópico “Beck beck beck to me”, um trocadilho com a música Back to Me, cantada por Lauren no 5H.

    Fãs e pais presentes ao evento se dividem sobre a repercussão da notícia em seus filhos. “Eu nem acho que maconha é das piores drogas. Gosto é gosto, cada um tem o seu, independente da vida pessoal dela. O que eu ensino para minha filha é: não é porque o outro faz que você tem que fazer”, diz ao site de VEJA Miriam Macias, 44, que acompanha a filha de 13 anos no show. Já Bruna Raposo, 25 anos, se mostra indignada. “Eu acho bizarro, porque ela é um modelo, uma referencia teen, então ela tinha que dar o exemplo.”

    Banda queridinha das adolescentes do momento, o Fifth Harmony teve o clipe mais visualizado no ano no YouTube, o vídeo da música Work from Home, com participação de Ty Dolla $ign.

    Continua após a publicidade
    Publicidade