Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Bono diz ter comprado celulares para o Eagles of Death Metal

Cantor irlandês afirmou em entrevista que essa foi a maneira que ele encontrou de ajudar o grupo americano que tocava no Bataclan durante os ataques terroristas em Paris

Por Da Redação 3 dez 2015, 19h37

O vocalista do U2, Bono Vox, comentou a série de atentados terroristas em Paris no dia 13 de novembro em entrevista ao jornal americano The New York Times. A banda irlandesa tinha dois shows marcados na cidade nos dias seguintes aos incidentes, que forçaram um adiamento das apresentações. O vocalista ainda disse que ele e o grupo fizeram de tudo para ajudar o Eagles of Death Metal, que tocava no Bataclan no momento dos ataques. “Nós tínhamos um avião, que colocamos à disposição do Eagles, mas eles conseguiram dar outro jeito para viajar. A melhor coisa que pudemos fazer aos nossos amigos foi comprar celulares para eles”, disse o vocalista. A necessidade de novos aparelhos se deveu ao ambiente caótico que tomou conta da casa de espetáculos, o que fez com que a banda saísse de lá às pressas, deixando para trás os celulares.

LEIA TAMBÉM:

Eagles of Death Metal pede covers da banda em prol de vítimas de Paris

Exibição de documentário sobre Eagles of Death Metal em festival é cancelada

Bataclan será reaberto após ataques a Paris

Eagles of Death Metal se pronuncia sobre atentados: ‘Horrorizados’

O músico ainda mostrou preocupação com os integrantes do Eagles. Ele afirmou ter conversado com Jesse Hughes, líder da banda americana, que estava bastante abalado com os acontecimentos. “Estresse pós-traumático é algo real para aqueles que passam por esse tipo de coisa. Eles vão ficar bem, mas isso tudo foi bem horrível”, disse Bono. O U2 vai voltar a Paris nos dias 6 e 7 deste mês, quando vai realizar os dois shows que deveriam ter acontecido no final de semana após a noite de terror na capital francesa.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade