Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bon Jovi faz show para fãs, mas deixa público sedento por mais hits

Apesar de tocar com sua banda desfalcada, sem o guitarrista Richie Sambora e o baterista Tico Torres, operado às pressas nesta sexta, grupo não fez feio

Por Carol Nogueira, da Cidade do Rock 21 set 2013, 03h22

Em apresentação nesta sexta-feira no Rock in Rio, sem o guitarrista Richie Sambora, demitido do Bon Jovi e fora desta turnê desde abril, e sem o baterista Tico Torres, que passou por duas cirurgias de emergência na última semana, fica muito claro que o Bon Jovi nunca foi um grupo, mas sim a banda de um homem só, Jon Bon Jovi.

Interação – Bon Jovi sabe exatamente como entreter as suas fãs, fazendo poses para as câmeras, tocando seus hits e, especialmente, interagindo com a plateia. “Rio de Janeiro, levantem as mãos! É ótimo estar de volta ao Brasil”, disse o cantor, que insistia em perguntar a todo momento se o público “ainda estava com ele”.

Leia também:

Matchbox Twenty promove viagem de volta aos anos 90

Nickelback deixa o palco e um alívio: podia ter sido pior

No momento de maior interação, o vocalista atendeu ao apelo de uma fã que, empunhando um cartaz, pedia para ser chamado ao palco — e para ganhar um beijo do ídolo. Bon Jovi a trouxe para cima e, além de tascar a bitoca, deixou-a no palco por toda a música. Já no fim do show, o vocalista se desculpou pela ausência de Tico Torres. “Tico ficou muito chateado de não poder estar aqui hoje. Ele deve ficar bom em uma semana”, contou.

Continua após a publicidade

Apesar disso, o frontman deixou um pouco a desejar na montagem do repertório para a apresentação. Houve poucos hits na primeira parte do show, que contou apenas com You Give Love a Bad Name, Runaway e It’s My Life entre suas músicas mais conhecidas.

Lá pelo meio do show, seguiu-se uma sequência de músicas que não são muito conhecidas do público, o que esfriou um pouco a plateia. Mas Bon Jovi recuperou o tempo perdido no fim, quando emendou a sequência do cover de Start Me Up, dos Rolling Stones — o terceiro da noite, hoje foi mesmo o dia da banda inglesa — com as canções Bad Medicine, Wanted Dead or Alive, Have a Nice Day, Livin’ On a Prayer e Always — a última não estava prevista no setlist original, e parece ter sido incluída de última hora, quando o músico viu que o público pedia por mais.

Leia mais:

Quinto dia tem rock romântico e até um casamento

Público feminino impera no dia romântico do festival

À parte a surpresa de ter incluído uma música que não estava no setlist, o show seguiu as mesmas linhas gerais de apresentações recentes do Bon Jovi, inclusive, dos shows que ele fez no país em 2010.

Continua após a publicidade
Publicidade