Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bilheteria dos Estados Unidos pode bater recorde em 2013

Impulsionada pelo desempenho durante o feriado de Natal, a arrecadação do ano em cinemas americanos pode chegar a 11 bilhões de dólares

Por Da Redação 30 dez 2013, 10h26
Cena do filme 'Homem de Ferro 3', a maior bilheteria de 2013, com arrecadação de 1,2 bilhões de dólares no mundo
Cena do filme ‘Homem de Ferro 3’, a maior bilheteria de 2013, com arrecadação de 1,2 bilhões de dólares no mundo VEJA

A bilheteria dos cinemas dos Estados Unidos pode alcançar um novo marco em 2013. Segundo o site da revista americana Variety, a arrecadação deste ano no país tem tudo para ultrapassar a de 2012, ano recordista atualmente. Até este domingo, a bilheteria nos EUA estava em 10,836 bilhões de dólares, frente aos 10,837 bilhões do ano anterior.

Leia também:

Cinema brasileiro bate recorde de bilheteria em 2013

De acordo com o site, a arrecadação de 2013 foi impulsionada principalmente pelo desempenho de filmes exibidos durante o feriado de Natal: a bilheteria do período neste ano foi 10% superior à de 2012. Segundo estimativa do site, é possível até mesmo que os cinemas americanos atinjam a marca de 11 bilhões de dólares de arrecadação.

No resto do mundo, também houve crescimento. O total internacional cresceu entre 4% e 5% em comparação com o ano anterior, puxado pelas exibições no circuito chinês, mercado em franca expansão.

‘Homem de Ferro 3’

O terceiro filme da franquia Homem de Ferro foi o maior sucesso de bilheteria de 2013. Com um faturamento de 1,2 bilhão de dólares ao redor do mundo, o longa da Marvel alcançou a quinta posição entre as maiores bilheterias da história, atrás de Avatar (2009), Titanic (1997), Os Vingadores (2012) e Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (2011). No longa, Tony Stark (Robert Downey Jr.) luta contra o vilão Mandarim (Ben Kingsley), que destrói a mansão do milionário e coloca a vida de sua namorada, Pepper (Gwyneth Paltrow), em risco.

‘Meu Malvado Favorito 2’

A segunda maior bilheteria de 2013 foi conquistada pela animação Meu Malvado Favorito 2, da Illumination Entertainment, que faturou 917,6 milhões de dólares em todo o mundo. No segundo filme da franquia, o ex-malvado Gru é recrutado por uma Liga Anti-vilões para combater um novo criminoso, contando com a ajuda de seu exército de Minions.

‘Velozes e Furiosos 6’

O mais bem sucedido da franquia, Velozes e Furiosos 6 faturou 788,6 milhões de dólares ao redor do mundo. No sexto filme da saga, a equipe formada por Dom (Vin Diesel), Brian (Paul Walker) e Hobbs (Dwayne Johnson) se une para desmantelar uma quadrilha de mercenários encabeçada pelo vilão motorizado Owen Shaw, interpretado por Luke Evans.

‘Universidade Monstros’

Um dos grandes sucessos da Disney no ano, Universidade Monstros atingiu a marca de 743,4 milhões de dólares mundo afora. A sequência de Monstros S.A. (2001) conta a história de Mike e Sullivan na faculdade, época em que se conheceram e acabaram passando de inimigos a grandes amigos. 

Continua após a publicidade

https://youtube.com/watch?v=jPIDuQKQA0Q

‘Homem de Aço’

O primeiro filme da nova franquia do Super-Homem movimentou faturou 662,8 milhões de dólares ao redor do mundo, a quinta maior bilheteria de 2013. No longa, o vilão General Zod (Michael Shannon) exige que o Super-Homem (Henry Cavill), crescido na Terra, seja entregue de volta a seu planeta natal, Krypton. 

‘Gravidade’

Estrelado por Sandra Bullock e George Clooney, Gravidade faturou 578,1 milhões de dólares em todo o mundo, além de fartos elogios da crítica especializada. O novo filme do diretor mexicano Afonso Cuarón conta a história de Ryan, uma cientista enviada ao espaço junto com Matt Kowalski, um astronauta prestes a se aposentar. Quando o ônibus espacial em que eles se encontram é atingido por uma nuvem de detritos, os dois ficam à deriva no espaço. Além de uma tecnologia espetacular, capaz de criar um realismo comparável ao de 2001 – Uma Odisseia no Espaço, do mestre Stanley Kubrick, a original ficção científica de Cuarón submerge o espectador em uma aventura existencial.

‘Thor: O Mundo Sombrio’

Outro filme sobre super-heróis que teve super-poderes em bilheteria foi Thor: O Mundo Sombrio. Dirigido por Alan Taylor, o longa arrecadou 554,5 milhões de dólares em todo o mundo e bateu o recorde de receita da Disney, que graças a ele superou a marca de 2,302 bilhões em faturamento atingida em 2010, ao fazer, no início de novembro, 2,314 bilhões de dólares. No segundo filme da franquia iniciada em 2011, Thor (Chris Hemsworth) conta com a ajuda dos companheiros Volstagg (Ray Stevenson) e Sif (Jaimie Alexander), além do irmão, o malvado Loki (Tom Hiddleston), para salvar o universo de uma escuridão eterna.

‘Jogos Vorazes: Em Chamas’

Um dos filmes mais esperados do ano, Jogos Vorazes: Em Chamas fez 423 milhões de dólares ao redor do mundo até 29 de novembro. Os 161,1 milhões de dólares arrecadados no final de semana de estreia nos Estados Unidos fizeram do longa a quarta maior abertura da história americana, atrás apenas de Os Vingadores (2012), Homem de Ferro 3 (2013) e Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 (2011). Baseado no best-seller da escritora americana Suzanne Collins, o segundo episódio da franquia conta a história dos personagens Katniss (Jennifer Lawrence) e Peeta (Josh Hutcherson), após a vitória no mortífero reality show que dá nome à série. Devido a uma mudança de regras na competição, o casal é obrigado a retornar ao programa para lutar, mais uma vez, pela sobrevivência. 

‘O Cavaleiro Solitário’ – Fiasco 1

Um dos maiores fiascos de bilheteria de 2013, O Cavaleiro Solitário teve um fraco retorno de bilheteria. Foram investidos 215 milhões de dólares no longa, que teve receita de apenas 260 milhões de dólares em todo o mundo. No filme, o americano Tonto (Johnny Depp) conta a história do cavaleiro solitário John Reid (Armie Hammer) e de como ele se tornou uma lenda da justiça local.

‘O Quinto Poder’ – Fiasco 2 (o maior)

O filme sobre o criador do Wikileaks Julian Assange foi o maior fracasso de bilheteria do cinema em 2013. O filme teve um custo de produção de 28 milhões de dólares e arrecadou singelos 6 milhões de dólares no mundo todo, tendo um retorno de apenas 21% do valor investido. Dirigido por Bill Condon, O Quinto Poder narra o abalo na relação entre os dois fundadores do site Wikileaks, Julian Assange (Benedict Cumberbatch) e Daniel Berg (Daniel Brühl).

Continua após a publicidade
Publicidade