Clique e assine a partir de 8,90/mês

Bela Gil explica por que comer a placenta no ‘Conversa com Bial’

"Tem muito ferro e ajuda a repor os nutrientes depois do parto", argumentou a apresentadora e cozinheira

Por Da Redação - Atualizado em 30 ago 2017, 12h40 - Publicado em 30 ago 2017, 12h20

No episódio do programa Conversa com Bial, da Globo, que foi ao ar na noite desta terça-feira (29), um encontro inédito reuniu duas apresentadoras de programas culinários, a experiente Palmirinha e a ativista Bela Gil.

A filha de Gilberto aproveitou o espaço para explicar sobre ter comido um pedaço cru da placenta misturado com uma vitamina de banana após o parto do seu segundo filho no ano passado. “Eu tive meu filho em Nova York, em casa, e lá essa prática é muito comum” explicou. “Tem muito ferro, ajuda a repor os nutrientes depois do parto, tem muito hormônio. Não tem nenhum estudo que comprove, mas dizem ter uma relação com a depressão pós-parto, que diminui as chances. Eu não vejo nenhum mal, acho interessante e fiz”, completou.

À explicação Palmirinha reagiu com entusiasmo. “Antigamente era parteira que ia em casa e aí você não sabia o que fazer com aquilo e jogavam fora e ela aproveitou”, disse Palmirinha. “Parabéns para ela”. A cozinheira vovó, que não é famosa por dosar a quantidade de açúcar em suas receitas, levou ao programa camafeu de nozes, que Bela não comeu. Bial, que também não consome o ingrediente cedeu e deu uma mordida depois de falar, em tom de brincadeira: “Não uso drogas pesadas”.

Já Bela levou um salpicão vegano que foi elogiado pela Palmirinha. “Eu sempre quis que ela comesse minha comida”, comemorou. As duas ainda preparam um cookie de chocolate à la Bela Gil – substituindo a farinha de trigo e a margarina por farinha de aveia e óleo de coco.

Continua após a publicidade
Publicidade