Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Ator de ‘Glee’ interpretou viciado em último filme; veja cena

De acordo com o diretor Josh C. Waller, Cory Monteith foi muito claro ao dizer que queria fazer o filme por causa de sua experiência pessoal no assunto

Por Da Redação 16 jul 2013, 10h21

O ator da série Glee Cory Monteith, de 31 anos, que morreu no último sábado em Vancouver, no Canadá, havia interpretado recentemente um personagem no cinema que tinha tudo a ver com sua vida real. Em cenas divulgadas nesta terça-feira, Monteith aparece nas telas como um drogado no filme McCanick, de Josh C. Waller, que deve estrear ainda este ano.

Leia também:

” rel=””>Namorada ficou tremendo ao saber da morte de ator de Glee

Famosos lamentam a morte de Cory Monteith, de Glee

“Sempre imaginei um ator franzino nesse papel, e Cory Monteith é muito alto. Mas quando eu o conheci, ele queria muito o papel. Disse que tinha tudo a ver com o passado dele e que ele ainda não tinha tido a oportunidade de usar essa experiência como ator”, afirmou o diretor em entrevista ao jornal Los Angeles Times.

Leia também:

Após morte de protagonista, futuro da série ‘Glee’ é incerto

Morte – Monteith, de 31 anos, foi encontrado morto no sábado em um quarto de hotel em Vancouver. A polícia ainda não determinou a causa da morte, mas não havia sinais que apontassem para um crime. O rapaz era dependente químico havia cerca de duas décadas. Ele havia passado por clínicas de reabilitação – sua última passagem por uma delas foi em abril. Não foi revelado se havia substâncias ilegais no quarto.

Em Glee, Monteith interpretava o personagem principal, Finn Hudson, desde a primeira temporada, de 2009. A série musical está entre as mais bem-sucedidas da televisão nos Estados Unidos e recebeu diversos prêmios, incluindo dois Globos de Ouro na categoria melhor série de comédia ou musical, em 2010 e 2011. Monteith, em particular, ganhou em 2011 o prêmio Teen Choice de melhor ator de comédia.

Continua após a publicidade
Publicidade