Clique e assine a partir de 8,90/mês

As melhores sorveterias de VEJA COMER & BEBER CUIABÁ

Casas fazem parte dos 200 endereços integrantes da edição digital de VEJA COMER & BEBER CUIABÁ 2018/2019

Por Lidiane Barros, Marianna Marimon, Sissy Cambuim, Renan Marcel e Vinicius Tamamoto - Atualizado em 27 abr 2018, 15h34 - Publicado em 27 abr 2018, 01h00

Alaska Sorveteria

Algumas mesas e cadeiras ao lado da fachada envidraçada convidam para sentar e provar os quase cinquenta gelados expostos em um bufê (R$ 6,49 a cada 100 gramas). Os tradicionais são os que fazem mais sucesso, como chocolate, morango e flocos. Também têm bastante saída os sabores de chiclete e o creme do céu, feito a partir de essência de amora. Das opções sem lactose, entram maracujá, abacaxi, cupuaçu e limão. Quem deseja um doce já montado, pode escolher o colegial, com duas bolas de qualquer sabor, caldas de morango e chocolate mais chantili e cereja (R$ 19,90). Praça Presidente Eurico Gaspar Dutra, 108, Popular, 3627-2786. 13h/23h. Aberto em 1979.

Cremutty, Sorvetes Artesanais

A clientela escolhe entre os cerca de cinquenta sabores de gelado, que se revezam nos freezers. Estão sempre disponíveis alguns queridinhos da clientela: o de leite Ninho com trufas, o de brigadeiro elaborado com cacau puro e o de iogurte com frutas vermelhas. O preço é cobrado de acordo com o peso (R$ 4,89 a cada 100 gramas). Outro hit do local são os picolés, entre eles o de bocaiuva (R$ 3,00). Novidade na casa, as tortas de sorvete ganham versões como a de coco fresco com doce de leite (R$ 53,90 o quilo). Avenida das Palmeiras, 32, Jardim Imperial, 3621-1333 (40 lugares). 13h/22h. Aberto em 2011.

Delos Gelateria

Revezam-se na vitrine refrigerada 110 receitas de sorvete, cobradas de acordo com o peso (R$ 86,50 o quilo). Entre as novidades deste ano está o de pistache rústico, que apresenta sabor suave e coloração mais clara por não ter adição de corantes artificiais. Na lista de queridinhos da clientela constam os gelados de chocolate belga, de capim-santo, de castanha-do-pará e de framboesa, todos produzidos com açúcar orgânico. Também costumam figurar versões à base de água, em sabores como laranja e maracujá. Shopping Goiabeiras, 3054-2264. 10h/22h (dom. e feriados a partir das 11h). Aberto em 2013.

La Gelari

Continua após a publicidade

A tradição italiana de produção de gelatos orienta as receitas da marca, que tem mais de cem sabores em seu repertório de cremosos sorvetes (em média R$ 84,00 o quilo). Entre os preferidos da clientela estão as versões de leite Ninho, chocolate belga, cereja amarena e o de café. À base de água, as sugestões sem lactose podem ser preparadas com tangerina ou manga, por exemplo. Qualquer um dos gelados expostos nas cubas pode virar milk-shakes, com preços que variam de R$ 25 a R$ 30 para copos de 400 mililitros,  dependendo do sabor. Avenida Isaac Póvoas, 906, Goiabeiras, 2129-3129 (30 lugares).  13/22h (ter. a sex.) e 13h23h (sáb., dom. e feriado). Pantanal Shopping 10h/22h (dom. e feriados 14h/20h). Goiabeiras Shopping. 10/22h (dom. e feriados 14h/20h). Aberto em 2016.

Matteo Gelato Criativo

Aninhada em uma charmosa galeria na Rua 24 de Outubro, a sorveteria de Allan Dias Velasque pode ser considerada um oásis, sobretudo no verão. Ajudam a aplacar o calor as mesas à sombra de uma árvore, o pequeno salão climatizado e, principalmente, os sorvetes. Para chegarem à receita campeã, Velasque e alguns de seus funcionários estudaram na Itália e em São Paulo. A casa serve doze sabores de terça a quinta e dezoito de sexta a domingo — como a oferta não é fixa e o preparo é diário, uma lousa sobre o freezer exibe as opções do dia. Combinações criativas como a de morango com chá de hibisco dividem espaço com hits, caso do paçoquinha, e com o sorbetto, que não leva leite nem açúcar. Qualquer versão custa R$ 8,00, com uma bola, e R$ 12,00, com duas. Rua 24 de Outubro, 566, Centro Norte, ☎ 99608-8420 (72 lugares). 14h/22h (fecha seg.). Aberto em 2017.

Mi Paleteria

Passado o boom de paleterias na cidade, a pioneira do ramo segue firme sob a administração do casal Yuli e Osvane Ramos, que buscou referências na Cidade do México. As 33 receitas disponíveis incluem picolés como o de salada de fruta (R$ 6,00 cada), um mix de mamão, banana, kiwi, uva e morango. Há versões de creme recheadas com Nutella e com brigadeiro de colher (R$ 9,00 cada uma) e a nova paleta preenchida com coco queimado (R$ 8,00). Rua Marechal Floriano Peixoto, 960, Quilombo, 3023-7373 (25 lugares). 12h/19h (sáb. e dom. 12h/20h) Aberto em 2014.

Nevaska

Os sorvetes de produção própria costumam sair na casquinha (R$ 6,00) e no cascão (R$ 8,00), este podendo conter até dois sabores. Se a forma de servir remete às sorveterias mais tradicionais, as receitas que preenchem as cubas vão além das triviais, podendo combinar, por exemplo, maçã com pimenta ou levar frutas regionais, caso do pequi. Para uma pedida menos calórica, a versão batizada de suco verde é elaborada com laranja, maracujá, couve, limão e açúcar, sem adição de gordura. Rua Barão de Melgaço, 2169, Centro Sul, 3622-1550 (66 lugares). 13h/23h (sáb. e dom. a partir das 14h). Várzea Grande Shopping, 10h/22h. Aberto em 2001.

Continua após a publicidade
Publicidade