Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

A influência de Ray Bradbury na cultura contemporânea

O escritor de ficção científica, morto nesta terça-feira aos 91 anos, está por trás de filmes de sucesso, séries de televisão e monumentos futuristas

Por Da Redação 7 jun 2012, 07h26

O autor Ray Bradbury, morto nesta quarta-feira aos 91 anos, influenciou uma série de produtos culturais contemporâneos. Sua obra composta por mais de 500 textos de ficção científica baseou filmes e séries de televisão de sucesso. Dois exemplos emblemáticos são o longa Fahrenheit 451, de François Truffaut, e o centésimo episódio do seriado Além da Imaginação.

Seus registros futuristas estão em ícones da segunda metade do século XX – admirados até por quem nunca ouviu falar do seu nome. Bradbury, por exemplo, participou da concepção do Spaceship Earth, monumento localizado na entrada do Epcot Center, um dos quatro parques da Disney World. Ele também escreveu o texto da atração que funciona dentro do enorme globo prateado e leva os visitantes por um passeio pela história da tecnologia desde 1982.

No cinema, um de seus trabalhos é a coautoria do roteiro de Moby Dick, de 1956, em parceria com o diretor John Huston.

Até a música pop tem um pouco de suas ideias originais. Seu texto Rocket Man, presente no livro The Illustrated Man, de 1951, inspirou o cantor Elton John a escrever a canção homônima, lançada em 1972. Confira outros exemplos na tabela abaixo.

Continua após a publicidade
Publicidade