Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

#VirouViral Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Duda Monteiro de Barros
Como surgem e se espalham os assuntos mais comentados da internet
Continua após publicidade

Meninos não são ensinados a cuidar da casa e dos filhos

Apesar do avanço das pautas feministas, pais ainda acreditam que só as filhas precisam aprender afazeres domésticos

Por Duda Monteiro de Barros Atualizado em 9 Maio 2024, 20h15 - Publicado em 7 nov 2023, 16h05

Ainda na primeira infância começam a despontar as diferenças sociais entre meninos e meninas. Elas são bombardeadas com presentes como panelinhas, bonecas e acessórios, sempre ensinadas sobre a importância de saber cuidar da casa, dos filhos, da aparência. Enquanto isso, os colegas ganham carrinhos, bolas e aprendem as brincadeiras mais radicais.

Anos depois, com mais autonomia, as meninas começam a assumir responsabilidades dentro de casa, lavando louças, arrumando o quarto e preparando receitas simples. É claro que essas atividades são importantíssimas para formar adultos responsáveis e autossuficientes. Acontece que os meninos são eximidos destas tarefas simplesmente porque a tradição diz que não cabe a eles se envolverem com essas funções. E os pais apenas reproduzem a cultura machista que lhes foi ensinada.

Segundo pesquisa feita pela Plan Internacional feita com adolescentes entre 14 e 19 anos, dentro de casa elas ainda realizam o dobro de trabalhos domésticos (67,2% das meninas contra 31,9% dos meninos). Esta mesma estrutura social que tira tempo de lazer e estudo dessas jovens, incentiva os homens a buscarem esposas que façam todo o árduo e invisível trabalho doméstico. 

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.