Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

Rihanna é nomeada heroína nacional de Barbados no dia de sua independência

Cantora recebeu o título da primeira-ministra da agora república, Mia Mottley, na cerimônia que marcou o rompimento do país com a coroa britânica

Por Cleo Guimarães Atualizado em 30 nov 2021, 17h19 - Publicado em 30 nov 2021, 15h21

A cerimônia que oficializou o rompimento de Barbados com a coroa britânica, nesta segunda (29), incluiu um momento especialmente emocionante para a cantora Rihanna, de 33 anos. Ela foi nomeada heroína nacional da ilha do Caribe, que oficializou a transição de monarquia para o governo republicano.

Ela recebeu o título da primeira-ministra Mia Mottley. “Em nome de uma nação grata, mas um povo ainda mais orgulhoso, apresentamos a você, o designado, como herói nacional de Barbados, a embaixadora Robyn Rihanna Fenty” (este é o nome de batismo da cantora).

Dez curiosidades sobre o excêntrico Jack Dorsey, agora ex-CEO do Twitter

Em seu discurso, Motley ainda fez uma referência à música “Diamonds”, do álbum “Unapologetic”: “Que você continue a brilhar como um diamante e a honrar sua nação por meio de seus trabalhos, de suas ações”.

Charlene de Mônaco, a princesa triste

Rihanna nasceu em Saint Michael, em Barbados. A ilha era independente do Reino Unido desde 1966, mas somente nesta segunda oficializou a transição de monarquia para o governo republicano, fazendo com que a Rainha Elizabeth 2ª deixasse a posição de chefe de Estado da ilha.

Continua após a publicidade

Publicidade