Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Gente Por Cleo Guimarães Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios

Reviravolta: ‘Não puxei o gatilho’, diz Alec Baldwin, sobre morte no set

Na primeira entrevista após acidente fatal, em outubro, ator diz que não atirou contra Halyna Hutchins; íntegra vai ao ar nesta quinta (2), na TV americana

Por Cleo Guimarães 1 dez 2021, 17h14

Em sua primeira entrevista depois do acidente fatal no set do filme ‘Rust’, Alec Baldwin afirmou que não atirou na direção da diretora de fotografia Halyna Hutchins. Ela morreu no último dia 21 de outubro, ao levar um tiro disparado por uma arma cenográfica usada pelo ator, que estava ensaiando uma cena em que deveria atirar em direção à câmera.

“O gatilho não foi puxado. Eu não puxei o gatilho. Eu nunca apontaria uma arma para alguém e puxaria o gatilho, nunca”, disse Baldwin ao jornalista George Stephanopoulos, da rede americana ABC,  no trecho da entrevista divulgado nesta quarta (1) pela emissora. Ele não explica, pelo menos no material exibido até agora, como a colega de set foi baleada, sem que o gatilho fosse puxado. A íntegra da conversa vai ao ar na quinta (2).

Baldwin também declarou que o acidente foi a pior coisa que já aconteceu em sua vida e disse “não ter ideia” de como foi feito o carregamento da arma. “Alguém colocou uma bala de verdade nela. Uma bala que nem era para estar ali. Mesmo agora, acho difícil acreditar”.

Publicidade