Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Proibidão Bolsonaro: funk que embala o presidente compara mulher a cadela

Música que animou passeio de lancha pelo Guarujá é de autoria de MC Reaça; ele se suicidou em 2019, depois de ser acusado de agredir a namorada

Por Cleo Guimarães
21 dez 2021, 10h17

Postada no Twitter pelo tenente e assessor especial Mosart Aragão, as cenas em que o presidente da República aparece dançando numa lancha, no Guarujá, têm como fundo musical o “Proibidão Bolsonaro”. Trata-se de um funk, em ritmo de “Baile de Favela”, que ataca agressivamente todos os “inimigos” do presidente (veja a letra completa no final do post).

A música embalou recentemente o ato de filiação de Bolsonaro ao PL, e foi composta por Tales Volpi Fernandes, o MC Reaça. O humorista e cantor se suicidou em junho de 2019 – um boletim de ocorrência registrado à época o apontava como suspeito de agredir a namorada antes de se matar.

Proibidão Bolsonaro:

Ele veio quente e hoje tá fervendo

Continua após a publicidade

Ele veio quente e hoje tá fervendo

Quer desafiar? Não tô entendendo

Pra votar Bolsonaro minha mão já tá tremendo

Dou pra CUT pão com mortadela
E pras feministas, ração na tigela
As mina de direita são as top mais bela
Enquanto as de esquerda tem mais pelo que cadela

Continua após a publicidade

Bolsonaro salta de paraquedas
Bolsonaro, capitão da reserva
E o Bolsonaro casou com a Cinderela
Enquanto o Jean Wyllys só tava vendo novela

Maria do Rosário não sabe lavar panela
Jandira Feghali nunca morou na favela
Luciana Genro apoia os sem-terra
Mas não dá o endereço pra invadirem a casa dela

Essa juventude só se degenera
Pega o Paulo Freire e manda pra estratosfera
Um Brasil pra frente é o que o povo espera
Vamo distribuir livro do Olavo pra galera

Ciro Gomes, baita Zé ruela
Lula preso dentro de uma cela
Paga de comuna e mente à vera
Mas vai pra Nova York quando pode, a Manuela

Continua após a publicidade

Bolsonaro salta de paraquedas
Bolsonaro, capitão da reserva
E o Bolsonaro casou com a Cinderela
Enquanto o Jean Wyllys só tava vendo novela

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.