Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Padre Júlio Lancellotti resgata vídeo de bispo chamado de ‘comunista’

Religioso virou alvo do fundador do MBL, vereador Rubinho Nunes (União)

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 8 Maio 2024, 17h09 - Publicado em 3 jan 2024, 15h31

Depois que virou alvo do fundador do MBL, Rubinho Nunes (União), Júlio Lancellotti resgatou um vídeo antigo de Dom Hélder Câmara para se antecipar sobre a explicação que terá que prestar numa CPI, sobre sua atuação junto às pessoas mais pobres que vivem na região central da capital paulista. Nunes obteve assinaturas para instalar comissão para investigar o trabalho do religioso com os mais necessitados da região central de São Paulo.

Lancellotti relembrou no X, antigo Twitter, as palavras de Dom Hélder, um dos fundadores da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e símbolo de resistência ao regime militar. No vídeo de uma entrevista de 1987, após a redemocratização, Dom Helder explica os motivos do ódio que a Ditadura nutria contra ele. “Houve um tempo em que aqui, no Brasil, era assim: se um leigo, uma religiosa, um padre, um bispo trabalhava diretamente com o povo, ‘meu Deus é um santo’, ‘é uma santa religiosa’. Mas, quando a pessoa mesmo continuando a ajudar o pobre tinha a audácia de falar em justiça. Já viu palavra mais perigosa: justiça. Falar em promoção humana. Imediatamente era chamado de comunista”.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.