Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Como Carol Sampaio dribla polarização política de VIPs no carnaval

Empresária comanda espaço mega disputado e vai se casar em plena Sapucaí

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 7 fev 2023, 12h29 - Publicado em 4 fev 2023, 11h00

Nome certo nos bastidores de todo grande evento do país, Carol Sampaio se prepara para comandar mais uma vez seu disputadíssimo camarote, o Nosso, que se tornou point de encontro, paquera e azaração preferido da Sapucaí. Depois de uma pandemia que cancelou os desfiles por dois anos e um “semi carnaval” em 2022, realizado em abril, Carol também tem um motivo a mais para manter o frio na barriga. É que ela escolheu se casar em plena Avenida com o chef Frederico Xavier. Em bate-papo com a coluna, ela fala dessas “gostosas apreensões” pré-folia.

Quais os preparativos para o carnaval de 2023, depois de uma pandemia que cancelou os desfiles por dois anos e um “semi carnaval” no ano passado? O o que muda esse ano é de ter o frio na barriga de ter o nosso tão esperado carnaval em fevereiro de volta. ​

O Nosso Camarote se tornou point concorrido na Sapucaí. A que você credita isso? Não existe uma fórmula de sucesso. Na verdade, existe um trabalho muito bem pensado. A estrutura, buffet, bebidas, os patrocinadores, entre outras coisas. Esse conjunto, quando bem executado, gera experiência muito boa para quem está lá. As pessoas voltam, comentam com os amigos e o resultado é esse. Um point de gente bacana, do bem, bonita e a fim de se divertir.​

Quem não pode faltar nunca no seu camarote? Todos que querem se divertir e ter uma experiência incrível e viver o carnaval do Rio de Janeiro.

Em tempos de polarização política, como faz para manter a harmonia da sua lista de convidados? A minha lista nunca leva perfil político, isso é uma coisa que não é considerada. Carnaval é o evento mais democrático do mundo e a gente reflete isso​

Continua após a publicidade

O Baile da Favorita faz 12 anos, em retorno ao seu local de origem, a favela da Rocinha. O que mudou neste período?​ Não teve mudanças. O Baile quis voltar à origem, porque se mantém fiel a ela esse tempo todo. E por isso, nesse cenário pós-pandemia, a gente resolveu fazer o “de volta pra casa”. O Baile sempre se manteve fiel ao funk do bem, ao funk da galera que quer curtir, dançar e se divertir.

Você foi pioneira ao dar o destaque ao funk nas festas de elite carioca. Ainda há muito preconceito? Um pouco de preconceito sempre vai existir, mas vejo que já conseguimos um grande e importante destaque. ​

Foi anunciado que você vai casar na Avenida. Como será isso? Escolhi casar na Sapucaí, que é um momento importante para mim. É o momento que minha energia está toda focada ali, que realizo para as pessoas se divertirem. Saio com os olhos brilhando a cada sorriso, a cada pessoa que vejo realizada. E chegou o momento de eu me realizar também, por inteiro. E nada melhor que no local que sempre trabalhei, a energia desse lugar que é única.

O que falta para você conquistar na vida?​ Na minha vida nunca almejei muito, aí está o diferencial. Na verdade, só quero continuar construindo, levando alegria, criando momentos especiais e marcantes, realizando sonhos. Quero ter saúde para continuar realizando isso tudo. Conquista é resultado de tudo que a gente se entrega para acontecer.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.