Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Camarote prepara comida em banheiro e causa revolta em público da Sapucaí

O espaço Lounge Sapucaí sofreu vistoria da Vigilância Sanitária

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 12 fev 2024, 18h11 - Publicado em 12 fev 2024, 16h04

O espaço Lounge Sapucaí, em seu primeiro ano na avenida, enfrentou sérios problemas após vistoria da Vigilância Sanitária. Imagens de que alimentos estavam sendo preparados no banheiro causaram revolta nas pessoas. Em nota enviada à imprensa, a assessoria diz que, “ao contrário do que está sendo divulgado, em momento nenhum houve manipulação de alimentos dentro de banheiros, no Espaço Lounge Sapucaí”.

A nota diz ainda que “os alimentos apreendidos e descartados pela Vigilância já chegaram ao Lounge Sapucaí prontos e estavam apenas armazenados em um espaço que ficava próximo ao banheiro. Em nenhum momento, tais alimentos, chegaram a ser servidos aos convidados do Lounge Sapucaí, já que os mesmos ainda não haviam chegado ao espaço”.

Equipes do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), da Polícia Civil e do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária (Ivisa-Rio) verificaram que o armazenamento dos alimentos ocorria de forma imprópria no banheiro masculino do setor 12. A equipe de fiscalização então teve de descartar cerca de 500 kg de alimentos impróprios para consumo. “O local não possuía refrigerador para o armazenamento dos alimentos, o que comprova a falta de cuidado do camarote com a alimentação servida no local”, disse Rosemery Duarte Viana, promotora de Justiça do Ministério Público do Rio de Janeiro.

O lounge não foi interditado nem impossibilitado de trabalhar nesta segunda-feira de Carnaval. A solução encontrada foi substituir a comida por lanches do tipo fast-food. A responsável pelo Lounge Sapucaí, representante da empresa Bella Comunicações, chegou a ser conduzida à delegacia volante da Marquês de Sapucaí, a fim de prestar esclarecimentos, juntamente com a dona do bufê contratado, mas foram liberadas pelas autoridades logo em seguida.

Continua após a publicidade

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.