Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Velório e sangue falso: bastidores da morte de José Venâncio em ‘Renascer’

Ator Rodrigo Simas revelou detalhes de sua despedida da novela, após seu personagem ser ferido fatalmente em uma emboscada

Por Mariana Carneiro Atualizado em 9 Maio 2024, 12h04 - Publicado em 23 abr 2024, 19h41

Rodrigo Simas se despediu oficialmente da novela Renascer na noite de segunda-feira, 22, quando a morte de seu personagem José Venâncio foi ao ar. Na trama, o publicitário é baleado por Egídio (Vladimir Brichta) em uma tocaia que tinha como alvo seu irmão, João Pedro (Juan Paiva). Venâncio não resiste aos ferimentos e é velado na casa do pai.

Nos bastidores da gravação, Simas revelou detalhes sobre a cena do velório e comentou o fim de sua participação na novela. “Não é a primeira vez que um personagem meu morre, mas é a primeira vez que eu entro em um caixão”, disse, em um vídeo compartilhado nas redes sociais do Gshow. “Eu geralmente faço a trama toda, ou eu já entrei na metade [da novela] e finalizei junto com todo mundo. É uma sensação esquisita de nostalgia”, continuou.

Em uma postagem no Instagram nesta terça-feira, 23, o ator dividiu com os fãs fotos descontraídas ao lado dos colegas de elenco. Em alguns dos registros, Simas está deitado no caixão do velório de José Venâncio. Já em outros, o ator aparece banhado de sangue falso, que simulava os ferimentos de seu personagem. Confira:

Continua após a publicidade
Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Rodrigo Simas (@simasrodrigo)

Continua após a publicidade

Marcos Palmeira, que vive José Inocêncio, pai de Venâncio na trama, rasgou elogios ao trabalho de Simas em um depoimento divulgado pelo Gshow. “Meu filhão querido, sou seu fã, conheço sua família e ter você abrilhantando a novela, fazendo esse personagem com dignidade e carisma, estamos todos com saudades, você sabe disso. Estamos sofrendo já no dia a dia com sua falta, e que a gente se encontre logo, logo”, disse o ator.

Na versão original do folhetim, exibida em 1993, a morte de José Venâncio inicialmente não fazia parte do roteiro. O personagem foi eliminado da narrativa após um desentendimento entre seu intérprete, Taumaturgo Ferreira, e o autor Benedito Ruy Barbosa. A versão atual da novela optou por manter a tragédia, já que a morte do personagem é um dos principais momentos de virada da história.

Acompanhe notícias e dicas culturais nos blogs a seguir:

Continua após a publicidade

Tela Plana para novidades da TV e do streaming
O Som e a Fúria sobre artistas e lançamentos musicais
Em Cartaz traz dicas de filmes no cinema e no streaming
Livros para notícias sobre literatura e mercado editorial

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.