Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

‘Sr & Sra Smith’: entenda o final da série pop do Prime Video

Primeira temporada da produção com Donald Glover e Maya Erskine terminou de forma dramática

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 10 fev 2024, 21h29 - Publicado em 10 fev 2024, 21h24

*Alerta de spoiler: o texto a seguir contém informações sobre a primeira temporada completa de Sr & Sra Smith

Ao longo de oito episódios intrigantes e criativos, a série Sr & Sra Smith, sucesso do Prime Video, da Amazon, acompanhou as desventuras do casal John e Jane Smith, vividos por Donald Glover e Maya Erskine. Unidos por uma organização secreta que os contrata sob o disfarce de serem um casal, a dupla encara perigos variados enquanto cumpre as missões dadas pelo empregador. Carregada de ação, comédia e romance, a série foi criada por Glover, em parceria com a roteirista Francesca Sloane, e se encerrou, por assim dizer, de forma dramática.

Encurralados por outro casal de Smiths (vividos com prazer pulsante pelo brasileiro Wagner Moura e Parker Posey), que devem matar os colegas, os protagonistas revidam e conseguem se esconder no quarto de pânico da casa, longe dos assassinos. John, porém, foi baleado e está sangrando muito. Jane, que só tem uma bala no revólver, toma uma atitude drástica. Sabendo que o companheiro não vai viver se não sair dali, ela arrisca abrir a porta para matar a outra Jane, que lhe espera na porta. Nesse momento, a câmera sai do ambiente para observar o embate pela rua: através da janela, vê-se três disparos – dois seguidos e um terceiro pouco depois. A série acaba assim, pronta para enfurecer os espectadores – fúria que diminui um pouquinho com a piada da cena pós-crédito, com o personagem de Paul Dano, um agente imobiliário, que se alegra ao ver a sala da residência que ele tanto quer comprar absolutamente destruída (um sinal de que os donos problemáticos saíram dali). 

Wagner Moura e Parker Posey em 'Sr e Sra Smith' -
Wagner Moura e Parker Posey em ‘Sr e Sra Smith’ – (//Divulgação)

Cena final e teorias

Em fóruns de fãs, duas teorias sobressaem em relação aos disparos. A primeira é a mais possível e a menos popular: ao abrir a porta, ambas as Janes fazem seus disparos, contabilizando assim os dois tiros iniciais — e a Jane vivida por Maya morre. Em seguida, a Jane de Parker mata o personagem de Donald Glover. Ao que tudo indica, enquanto isso, no andar de baixo, o personagem de Wagner Moura também morre. Outra teoria, a favorita dos esperançosos, é que Jane fica na lateral da porta ao abrí-la, assim, a outra Jane faz os dois disparos, mas não atinge ninguém – em seguida, ela é morta, e os protagonistas fogem vivos. 

Segunda temporada?

A Amazon ainda não confirmou se a série vai ganhar uma segunda temporada. Mas Francesca deixou escapar que os planos para uma nova fase existem. “Ainda temos muita história para contar”, disse ela em entrevista à revista americana EW. A co-criadora da série, porém, afirmou que a primeira temporada deve ser aproveitada como uma história completa. “É uma trama que funciona sozinha. Mas, com certeza, existem mais áreas a serem exploradas.” Como a série deixa claro, existem vários casais Smith por aí — tanto que o programa começa com um deles que fugiu, mas é encontrado pela organização. Sendo assim, outros atores podem assumir o papel — uma possibilidade difícil de imaginar se tratando de Donald Glover.

Nome provocativo da TV e da música americana, o ator e roteirista trabalhou por três anos na criação da série, processo que contou com um divórcio criativo com a criadora de Fleabag, Phoebe Waller-Bridge, e uma dedicação que não parece tão simples de se abrir mão. Vale lembrar que Glover gosta de deixar finais dúbios em aberto. Atlanta, série aclamada também criada por ele, encerrou sua quarta temporada com a possibilidade de ser o sonho de um personagem – ideia refutada pelos espectadores, que já se acostumaram com a ironia do ator. A mesma sagacidade é esperada aqui – e, como toda boa ironia, ela é difícil de prever. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.