Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

‘Sr. e Sra. Smith’ dá um banho de modernidade na trama pop

Na série, o ator Donald Glover revisita o filme de sucesso de Brad Pitt e Angelina Jolie sobre um casal de espiões — e mostra que quer ser grande

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 10 fev 2024, 20h54 - Publicado em 2 fev 2024, 06h00

Quando um amigo obteve os direitos sobre a trama do filme Sr. e Sra. Smith, protagonizado por Angelina Jolie e Brad Pitt em 2005, Donald Glover foi assistir ao longa de ação pela primeira vez após mais de quinze anos de sua estreia nos cinemas. Mente brilhante por trás de sucessos provocativos como as séries Atlanta e Enxame, Glover gostou do que viu, mas atribuiu a arrecadação de 487,3 milhões de dólares do filme — concebido com um orçamento quatro vezes menor — à química entre as duas beldades de Hollywood que formavam uma família fora das telas. Para o artista negro, não havia uma história consistente no enredo sobre dois agentes secretos que se casam sem saber da verdadeira profissão um do outro — já explorado, além de tudo, num filme dos anos 1940. Por isso, ele só embarcou em Sr. e Sra. Smith, série que acaba de chegar ao Amazon Prime Video, ao constatar que tinha algo a acrescentar à receita.

“Awaken, My Love!” [LP] – Childish Gambino/Donald Glover

Glover procurou se aprofundar nas camadas do casamento no centro da trama, iluminando o que é de fato interessante ali: entender como esses dois seres vão de desconhecidos a amantes problemáticos de uma forma cativante, driblando dilemas comuns das relações modernas, como a confiança — ou a falta dela. O ator-roteirista redobrou, ainda, a aposta em cenas à la James Bond. Nos três primeiros episódios, as explosões, os tiros e as lutas temperam a tensa relação entre os agentes que aceitam trabalhar para uma corporação secreta que os obriga a assumir a identidade de um casal, a fim de despistar suspeitas.

The James Bond Collection, The Blu-ray

Ao refazer pela terceira vez uma história tão conhecida, Glover busca frescor em um elemento comportamental bem ao gosto atual: o matrimônio inter-racial. Ele próprio é obvia­men­te representativo nesse caso, ao emprestar sua face ao marido John — enquanto a americana de ascendência japonesa Maya Erskine (uma bela surpresa em cena) faz as vezes de Jane, a esposa dura na queda.

Continua após a publicidade

Famílias inter-raciais: tensões entre cor e amor

Para Glover, enfim, Sr. e Sra. Smith não é só mais uma produção no currículo — ou, claro, um jeito de faturar com a nostalgia pelo filme de Pitt e Jolie. A série cumpre a função de ampliar seus horizontes em Hollywood. Prestígio e seguidores ele já tem, graças ao sucesso de Atlanta. Falta sair do nicho cult rumo à popularidade de fato. Não à toa, ele já confessou que seu maior objetivo é fazer barulho. “Espero que algumas pessoas pensem que é melhor que o original, e outras achem pior”, declarou. Para o bem ou para o mal, ninguém fica indiferente a um casamento explosivo.

Publicado em VEJA de 2 de fevereiro de 2024, edição nº 2878

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.