Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Reinaldo Azevedo

Por Blog
Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura
Continua após publicidade

O PT supostamente limpinho está na base do proselitismo pró-Haddad

No texto abaixo, ao comentar uma opinião de Fernando de Barros e Silva, colunista da Folha, contesto a ilusão, o erro ou a avaliação ideológica de que o PT é essencialmente bom, mas está sendo corrompido pelos aliados. Essa questão é mais relevante do que parece! Na verdade, ela é central. Silva é apenas um […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 10h47 - Publicado em 13 set 2011, 16h06

No texto abaixo, ao comentar uma opinião de Fernando de Barros e Silva, colunista da Folha, contesto a ilusão, o erro ou a avaliação ideológica de que o PT é essencialmente bom, mas está sendo corrompido pelos aliados. Essa questão é mais relevante do que parece! Na verdade, ela é central. Silva é apenas um de uma miríade de jornalistas, analistas e “petistas do bem” que entendem que este partido que aí está é só o “PT real”, distinto do “PT ideal”. Isso remete, é evidente, àquela antiga tolice que sustentava que o socialismo soviético era uma cerda porque não era o verdadeiro…

Essa arquitetura intelectual sustenta hoje, por exemplo, a pré-candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo — não estou dizendo que Silva esteja engajado nela; se e quando achar, digo. Um prosélito da causa, como o jornalista Eugênio Bucci, insiste, noves fora o glacê retórico, na natureza essencialmente boa do PT, supostamente desvirtuada por autoritários, aproveitadores e malfeitores de dentro e de fora. A cada vez que o vejo a fazer profissão de fé na liberdade de imprensa, mas justificando a metafísica petista, eu me dou conta de que ele pode não ser um grande argumentador, mas é um excelente prestidigitador. Alguns bobos se satisfazem: “Vejam, um petista e esquerdista que não quer nos censurar”. Posso me dispensar de lhe ser grato por defender o que a Constituição me garante?

Sim, Haddad está sendo oferecido — e Bucci é uma espécie de embaixador da causa junto aos “conservadores” — como a renovação do PT e a face moderna, tolerante e pluralista do partido; sempre com a suposição de que isso devolve a legenda à sua real natureza. Uma ova! Este senhor tem um trabalho do Ministério da Educação, ainda a ser devidamente caracterizado, e, vá lá, é dono de uma obra, em que defende idéias — entre outras, fez a apologia do socialismo soviético pouco antes de ele desmoronar.

Será mesmo um PT limpinho, porém nascido de um dedaço de Lula, que atropela até mesmo a democracia interna do partido? É essa a face nova, ética e moderna do PT? Se Haddad é mesmo outra coisa, consegue ser, então, um retrocesso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.