Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

LEIAM ABAIXO

— O QUE TANTO IRRITA ESTA GENTE? POBRE COMENDO ARROZ E FEIJÃO? OU: AS MENTIRAS ESCANDALOSAS SOBRE O CÓDIGO FLORESTAL! NÃO SE DEIXE ENGANAR! COBRE A VERDADE DA IMPRENSA!; — Dirceu, o “chefe de quadrilha”, segundo PGR, participa de seminário Brasil-China e exibe seu lado vivandeira; — De 2002 a 2011, desvios de dinheiro público […]

Por Reinaldo Azevedo Atualizado em 31 jul 2020, 10h47 - Publicado em 14 set 2011, 06h57

O QUE TANTO IRRITA ESTA GENTE? POBRE COMENDO ARROZ E FEIJÃO? OU: AS MENTIRAS ESCANDALOSAS SOBRE O CÓDIGO FLORESTAL! NÃO SE DEIXE ENGANAR! COBRE A VERDADE DA IMPRENSA!;
Dirceu, o “chefe de quadrilha”, segundo PGR, participa de seminário Brasil-China e exibe seu lado vivandeira;
De 2002 a 2011, desvios de dinheiro público no setor somaram R$ 2,3 bilhões;
Ministro usa servidor como chofer particular da mulher;
Dilma espera que Pedro Novais se demita do Turismo;
PMDB, partido do ministro, pede sua saída do governo;
Agora vai: Heloísa Helena deve trocar PSOL por partido de Marina;
PSD anuncia seu braço sindical;
Dilma e Alckmin renovam parceria para outro trecho do Rodoanel;
De Raposa Serra do Sol ao Código Florestal: a conspiração em favor da fome!;
Estudantes da UnB Ceilândia invadem reitoria; entrega de obras no campus já foi adiada DEZ VEZES! É o método Fernando Haddad de gestão!;
Ele, o Apedeuta, tenta impor uma reforma política desastrosa. Voto distrital neles!;
Ouçam o nosso blog, mais uma vez, no programa “Manhã da Globo”, de Roberto Canazio;
Quem piora quem mesmo?;
O PT supostamente limpinho está na base do proselitismo pró-Haddad;
O PT real e o PT ideal de um colunista da Folha;
A pergunta que não quer calar;
Ladrões de dinheiro; ladrões de instituições. Ou: Governabilidade não é sinônimo de lambança;
Gleisi Hoffmann inventa uma categoria nova: a “lei alternativa”. Que eu saiba, lei alternativa era a que usavam os torturadores dos porões e os terroristas. A democracia só conhece um aparato legal

Publicidade