Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Toffoli autoriza Odebrecht a não pagar acordo de leniência na Lava-Jato

Decisão do ministro do STF atendeu a pedido da Novonor, nova marca da empreiteira, para não pagar R$ 3,8 bilhões negociados na Justiça

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 10h45 - Publicado em 1 fev 2024, 11h15

O ministro Dias Toffoli, do STF, atendeu a um pedido da Novonor, antiga construtora Odebrecht, para suspender os pagamentos do acordo de leniência de 3,8 bilhões de reais firmados com o MPF em razão de crimes admitidos durante a Operação Lava-Jato.

“Diante das informações obtidas até o momento no âmbito da Operação Spoofing, no sentido de que teria havido conluio entre o juízo processante e o órgão de acusação para elaboração de cenário jurídico processual-investigativo que conduzisse os investigados à adoção de medidas que melhor conviessem a tais órgãos, e não à defesa em si, tenho que, a princípio, há, no mínimo, dúvida razoável sobre o requisito da voluntariedade da requerente ao firmar o acordo de leniência com o Ministério Público Federal que lhe impôs obrigações patrimoniais, o que justifica, por ora, a paralisação dos pagamentos, tal como requerido pela Novonor”, diz Toffoli na decisão de 62 páginas.

O pedido da construtora foi feito na sequência de uma decisão de Toffoli que suspendeu uma multa de 10 bilhões de reais aplicada pela Lava-Jato à J&F.

Além de suspender o pagamento, Toffoli autorizou a empreiteira a ter acesso a mensagens da Operação Spoofing, que revelou irregularidades cometidas por investigadores da Lava-Jato durante a apuração dos crimes cometidos pela empreiteira no escândalo da Petrobras.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.