Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Senadores da CPI da Braskem visitarão bairros afundados em Maceió

Integrantes da comissão se reunião no dia 17 com representantes dos moradores afetados e de autoridades do Ministério Público e da Defensoria Pública

Por Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h26 - Publicado em 11 abr 2024, 15h37

Integrantes da CPI da Braskem no Senado farão na próxima quarta-feira, dia 17 de abril, uma visita a Maceió para verem de perto os bairros afetados pelo afundamento de solo em razão de exploração de sal-gema feita pela empresa. O requerimento para a apuração in loco foi apresentado pelo senador alagoano Rodrigo Cunha (Podemos), que ajudou a montar a agenda da comissão na ida à cidade.

“Esta vinda é muito importante em nossa luta por justiça. Tanto que vamos nos reunir com autoridades, mas, principalmente, queremos e vamos ouvir a voz das milhares de vítimas deste crime ambiental causado pela ganância da Braskem. Por isso, em nossa agenda, a presença de representantes dos moradores é vital. Tanto que na reunião ampliada que faremos, as famílias terão oportunidade de, mais uma vez, relatarem suas lutas em prol de reparação justa por parte da mineradora”, afirma Cunha.

O presidente da CPI, Omar Aziz, e o relator, Rogério Carvalho, já confirmaram presença na viagem. Na ocasião, eles se reunirão com integrantes do Ministério Público do Estado de Alagoas, Ministério Público Federal, Defensoria Pública do Estado, Defensoria Pública da União e representantes dos moradores.

“Desde 2019 lutamos para que este crime não fique impune. Em depoimento nesta terça, na CPI, o vice-presidente da Braskem, pela primeira vez, assumiu a culpa da empresa por este crime ambiental imenso, que tanto prejuízo e sofrimento trouxe e continua trazendo para nossa gente e para nossa cidade. Em Maceió, os membros da CPI vão conferir de perto a dimensão grotesca e enorme desta tragédia. Com certeza, a CPI ganhará ainda mais impulso após esta vinda à capital alagoana”, conclui o senador alagoano.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.