Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Senado vai tentar votar indicações de Mendonça e mais 55 nomes até quinta

Esforço concentrado no plenário também prevê a apreciação da PEC dos Precatórios, nesta terça-feira

Por Gustavo Maia 29 nov 2021, 09h44

O “esforço concentrado” previsto para começar nesta terça-feira no Senado prevê uma maratona de votações de indicações de 56 autoridades, entre ela a do “terrivelmente evangélico” André Mendonça para o STF — cuja sabatina foi marcada para esta quarta-feira.

Além destas análises, o plenário deve votar a PEC dos Precatórios, que está na pauta da CCJ nesta terça.

Até quinta-feira, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, pretende concluir as análises de 29 indicações que já estão prontas para votação no plenário, de 10 que estão pendentes na CCJ, comandada por Davi Alcolumbre, de 16 da Comissão de Relações Exteriores e uma que aguarda relatoria na Comissão de Assuntos Sociais.

Da pauta divulgada até o momento para o esforço concentrada, a única que tem data prevista é a da PEC dos Precatórios, relatada pelo líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho, mas com uma observação: a proposta do governo Bolsonaro só será pautada no plenário para a sessão desta terça se tiver sido apreciada pela CCJ.

Continua após a publicidade

Publicidade