Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Seminário debate preço de alimentos e ‘imposto do pecado’ no Congresso

Entidades se reúnem para discutir taxação sobre itens da cesta básica e benefícios a produtos saudáveis na reforma tributária

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 11h11 - Publicado em 21 mar 2024, 09h01

Enquanto técnicos se debruçam sobre os projetos de leis complementares para regulamentar a reforma tributária no Ministério da Fazenda, a sociedade civil se reúne no Congresso para debater os pontos mais importantes do ajuste no sistema fiscal.

Nesta quinta-feira, mais um seminário ocorre na Câmara dos Deputados e discute a taxação sobre alimentos. Um dos pontos polêmicos é o Imposto Seletivo (IS), apelidado de “imposto do pecado”, cobrado sobre itens que prejudicam a saúde e o meio ambiente. A indústria de alimentos ultraprocessados tenta derrubar o tributo. 

Por outro lado, há quem defenda incentivos tributários a alimentos saudáveis. A cesta básica deve ter alíquota zerada do Imposto sobre Valor Agregado (IVA), mas algumas entidades querem que o benefício seja apenas para produtos que fazem bem à saúde, in natura ou minimamente processados. 

A proposta está em nota técnica do Instituto Pacto Contra a Fome junto à Ação da Cidadania, que foi entregue na semana passada no Ministério da Fazenda. No Congresso, por Rafaela Vieira, gerente de Políticas Públicas do Pacto Contra a Fome.

Continua após a publicidade

Rafaela argumenta que apenas dois em cada dez brasileiros consomem a quantidade de frutas, verduras e legumes recomendada pela Organização Mundial da Saúde. No debate da reforma tributária, o instituto já conseguiu que a cesta básica considere alimentos saudáveis e diversidade regional e cultural alimentar nas diferentes regiões do país. 

Os seminários da “Regulamentação Tributária pelos Contribuintes” já ocorreram na semana passada, quando a Frente Parlamentar do Comércio e Serviços discutiu com a sociedade civil as questões administrativas do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS) e a Contribuição Social sobre Bens e Serviços (CBS). Nesta semana, os debates ocorrem nesta quinta e sexta-feira.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.