Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Privatização do Porto de Santos combate o crime, defende Afif Domingos

Secretário de Tarcísio diz que proposta antagonista ao governo Lula seria a melhor alternativa para o desenvolvimento do litoral paulista

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 15 Maio 2024, 23h39 - Publicado em 22 jun 2023, 17h30

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, se reuniu nesta semana com o ministro da Casa Civil de Lula, Rui Costa, para discutir as prioridades paulistas no novo PAC, que deve ser anunciado em julho. Durante a conversa, mais uma vez, a visão antagônica sobre a gestão do Porto de Santos foi exposta.

Dessa vez, o centro do debate foi sobre o túnel Santos-Guarujá. O governo estadual quer fazer a obra por meio de uma parceria público privada, enquanto o Planalto acredita que a melhor alternativa é usar o Tesouro da União. 

Para o secretário de Projetos Estratégicos de São Paulo, Guilherme Afif Domingos, a discussão reflete a diferença entre os governos em toda a gestão da região portuária. O ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, defende que, assim como os maiores portos do mundo, o de Santos deve ser público. O governo do Estado quer privatizar.

“Santos precisa muito de emprego e vive só do Porto. A privatização do porto daria uma oportunidade de um distrito industrial, que já foi Cubatão. Há crime crescente na região, em Guarujá, no entorno do Porto”, afirmou Afif Domingos. 

Continua após a publicidade

Para o secretário, o investimento da iniciativa privada traria mais oportunidades à região, o que diminuiria, inclusive, a força do crime organizado na região. 

Além do túnel Santos-Guarujá, Tarcísio incluiu o Trem Intercidades SP-Campinas e a extensão da linha Verde do metrô da capital paulista entre as obras prioritárias do PAC.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.