Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Pimenta diz que bronca de Lula em ministros foi “brincadeira”

Ministro-chefe da Secom ficou incomodado com a mídia: 'Desse jeito, o presidente Lula não vai poder nem brincar mais'

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Gustavo Maia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 9 Maio 2024, 12h06 - Publicado em 23 abr 2024, 11h06

O ministro-chefe da Secom, Paulo Pimenta, iniciou, nesta terça-feira, o café da manhã de Lula com jornalistas com uma crítica à imprensa. Segundo ele, no dia anterior, o presidente fez uma brincadeira com seus auxiliares, que virou manchete “em boa parte da imprensa brasileira”.

“O presidente Lula fez uma brincadeira, como um recurso de retórica, qualquer pessoa que estava lá percebeu que se tratava de uma forma generosa e carinhosa que o presidente Lula, normalmente, faz com as pessoas que ele quer bem”, disse Pimenta.

“Ele fez uma brincadeira com Alckmin, com Haddad, com Rui e com Wellington, nós tenhamos como manchete de boa parte da imprensa brasileira, não os anúncios, tantos anúncios importantes, milhões de reais de crédito inédito acabam secundarizados como se aquela brincadeira tivesse sido uma crítica, uma bronca, uma reprimenda, do presidente Lula insatisfeito com a sua equipe”, seguiu.

Na segunda-feira, Lula anunciou o programa Acredita, que oferece crédito a pequenas e microempresas, e o Desenrola Pequenos Negócios, eixo da política de renegociação de dívidas para pequenos empreendedores.

Continua após a publicidade

Diante dos assuntos “secundarizados” pela mídia, de acordo com o chefe da Secom, Pimenta disse que o café desta manhã é uma oportunidade para “qualificar” a relação do Planalto com a imprensa, já que “desse jeito, o presidente Lula não vai poder nem brincar mais”.

“Queremos aproveitar esse encontro também para qualificar a nossa relação com a imprensa. Para que nós possamos ter uma relação que valorize aspectos importantes daquilo que diz respeito à política pública, ao país, à geração de empregos, ao crescimento da economia”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.