Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pazuello define seu plano para as eleições de 2022

O general da ativa do Exército que foi ministro da Saúde quer ser deputado federal pelo Rio de Janeiro

Por Gustavo Maia Atualizado em 3 dez 2021, 09h48 - Publicado em 5 dez 2021, 12h01

Na sombra desde que entrou na mira da PF, do TCU e da CPI da Pandemia, o general Eduardo Pazuello bateu o martelo. Se Bolsonaro apoiar, vai tentar se eleger deputado federal pelo Rio de Janeiro em 2022.

Parece-lhe o caminho mais curto para obter o sonhado foro privilegiado.

Pazuello, aliás, continua na ativa e acaba de completar seis meses em um cargo na Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência, a SAE.

É difícil encontrar alguém no Palácio do Planalto que saiba o que o ex-ministro da Saúde faz na pasta, atualmente como assessor especial do almirante Flávio Rocha. Suas agendas oficiais estão repletas de “despachos internos”.

Continua após a publicidade

Publicidade