Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Milton Lyra pede fim de ação sobre desvio de pensão dos Correios

Defesa alega que denúncia foi baseada apenas na delação premiada de Alessandro Laber

Por Ramiro Brites Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 8 Maio 2024, 16h51 - Publicado em 16 jan 2024, 15h01

Investigado pelo desvio de verba do fundo de pensão dos Correios, Milton Lyra pediu, na sexta-feira, o trancamento da ação penal sobre lavagem de dinheiro e organização criminosa. Para a defesa de Lyra, a suspeita de crime se baseia apenas na delação premiada de Alessandro Laber, que, segundo os advogados, “não são narrativas passíveis de confirmação”. 

O pedido de liminar pelo fim da ação se refere a Operação Rizoma, desdobramento da Lava-Jato, que prendeu, em 2018, além de Milton, o empresário Arthur Machado e o ex-secretário nacional de comunicação do PT, Marcelo Sereno — que teve a ação suspensa em 2022. 

Ano passado, o TRF-1 arquivou o caso de Arthur Machado, réu a partir da mesma investigação sobre desvio de recursos dos fundos de pensão Postalis (dos Correios) e Sepros (da empresa pública de tecnologia de informação, Sepro).  

Apontado em outras operações da PF como operador do MDB no Senado, Milton Lyra saiu, em 2018, da prisão preventiva, que configuraria “constrangimento ilegal”, segundo habeas corpus do ministro Gilmar Mendes, do STF.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.