Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Michelle Bolsonaro e Damares vão ao Senado orar com Mendonça por aprovação

As duas são evangélicas, como o ministro indicado por Jair Bolsonaro para o Supremo, aprovado na noite desta quarta-feira pela maioria dos senadores

Por Gustavo Maia 1 dez 2021, 20h19

Uma das principais entusiastas da indicação de André Mendonça para o STF, a primeira-dama Michelle Bolsonaro foi nesta quarta-feira ao Senado para acompanhar a votação que aprovou o nome do ministro “terrivelmente evangélico”, como ela, acompanhada da ministra Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos, que também é evangélica.

Michelle chamou Mendonça de seu “irmão de alma” e disse que foi ao seu encontro para “orar junto” com ele.

Publicidade