Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Robson Bonin Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

Google versus Justiça

O Google está perdendo uma batalha milionária contra o juiz Gabriel Costa Ribeiro, da cidade de Rondon do Pará. O magistrado alega que o blog Rondon sem Censura, hospedado no serviço Blogspot, do Google, tem publicado informações que ferem a sua honra. A Justiça paraense determinou que a empresa tirasse o site do ar em […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 09h01 - Publicado em 24 abr 2012, 08h03

Decisão da Justiça paraense bloqueia 3 milhões de reais do Google no Brasil

O Google está perdendo uma batalha milionária contra o juiz Gabriel Costa Ribeiro, da cidade de Rondon do Pará. O magistrado alega que o blog Rondon sem Censura, hospedado no serviço Blogspot, do Google, tem publicado informações que ferem a sua honra. A Justiça paraense determinou que a empresa tirasse o site do ar em 24 horas, sob pena de pagamento de multa diária de 100 000 reais. Também foi ordenado o bloqueio de contas correntes do Google no valor de 3 milhões de reais.

Além de recorrer do caso, o Google entrou com uma ação de suspeição contra o juiz Alexandre Hiroshi Arakaki, responsável pela decisão. A empresa alega que “o bloqueio judicial feito com rapidez e agilidade fora dos padrões do judiciário”. Além disso, o Google afirma que  o juiz Gabriel Costa Ribeiro propôs a ação na mesma comarca em que é único juiz, só não ficando com o processo nas mãos porque pediu uma licença-médica entre 15 e 17 de fevereiro.

(Atualização às 12h41: uma liminar concedida pelo CNJ em 13 de abril impede que o juiz saque a quantia bloqueada do Google.)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.