Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Dino deixa para 2022 a decisão sobre quem apoiar no Maranhão

Base aliada do governador do PSB está dividida entre o atual vice, que é do PSDB, e o senador do PDT Weverton Rocha

Por Robson Bonin Atualizado em 2 dez 2021, 13h31 - Publicado em 3 dez 2021, 13h29

Com a base aliada dividida no Maranhão, Flávio Dino acabou deixando para janeiro a decisão sobre que nome apoiar ao governo do estado em 2022.

Como o Radar mostrou, o governador estava inclinado — e chegou a admitir em reunião essa posição — a apoiar o vice dele, Carlos Brandão, que é do PSDB, na corrida ao governo.

Como boa parte dos partidos aliados deseja caminhar com Weverton Rocha, o senador do PDT que lidera as pesquisas, a coisa ficou para ser decidida mesmo no fim de janeiro.

Publicidade